iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/12 - 15:22

STJD suspende investigações de ofensas racistas a Felipe

Goleiro não compareceu para prestar depoimento na última quinta; incidente ocorreu em partida em Caxias do Sul

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Por falta de provas, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva arquivou o inquérito que investigava as ofensas racistas que o goleiro do Corinthians Felipe garantiu ter sido alvo no jogo contra o Juventude, no dia 12 de novembro, em Caxias do Sul, pela Série B.

De acordo com o site Justicadesportiva, o relator do caso, Alexandre Quadros, decidiu parar as investigações após o arqueiro não comparecer para prestar depoimento na última quinta-feira. O jogador, por meio do advogado do Timão, João Zanforlim, alegou que está de férias e só voltará às atividades em 2009.

A ausência levou o relator do caso a concluir que, caso Felipe realmente tivesse sofrido as supostas discriminações raciais, teria feito o mínimo de esforço para comparecer ao STJD. Sem o depoimento, Alexandre Quadros optou pelo arquivamento do inquérito, já que não tem prova das ofensas.

O jogo entre Juventude e Corinthians foi tenso e terminou com a vitória por 2 a 1 dos visitantes no Alfredo Jaconi (o resultado encerrou as chances de o time alviverde subir para a Série A). Felipe garantiu ter sido xingado pela torcida local durante todo o jogo. “Eles acham que preto não sabe jogar bola”, desabafou o jogador na ocasião.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo