iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/12 - 20:27

Luxemburgo escolhe Roth como o melhor; Muricy pode ser tetra

Técnico do Palmeiras está na disputa pelo prêmio, mas já escolheu o gaúcho antes do anúncio acontecer

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Depois de iniciar o Campeonato Brasileiro como um dos favoritos à conquista do título e terminar com derrota e a quarta colocação, que obrigará o Palmeiras a disputar a fase pré-grupos da Copa Libertadores, o técnico Wanderley Luxemburgo chegou à premiação Craque do Brasileirão ciente de que não será escolhido o melhor treinador. Ele já tem o seu candidato.

“Estou aqui mais por respeito aos outros dois indicados, por que eu sei que não vou ser o eleito. Os outros dois indicados estão com mais prestígios e essa é a festa do Campeão Muricy Ramalho, que fez um grande trabalho. Eles merecem muito mais”, disse o treinador alviverde.

Para Wanderley, no entanto, Muricy Ramalho não deve ser eleito pela quarta vez consecutiva o melhor treinador do Campeonato Brasileiro. O outro candidato, Celso Roth, é o que merece por reerguer o Grêmio após eliminação no Gaúcho e na Copa do Brasil.

”Nós temos a mania de premiar quem conquistou o título. O Muricy é a sempre indicado pela competência, mas o Celso fez um trabalho brilhante quando ele liderou o campeonato, depois deu uma caída e conseguiu recuperar. Falo isso com tranqüilidade porque já ganhei alguns troféus e isso quem merece é ele”, opinou.

“Se o Wanderley disse isso, é porque ele é o favorito”, brincou Celso Roth. “Ele é um grande treinador e coloque bem essa situação de dificuldade. Lutamos, passamos por momentos de muita humilhação, estivemos juntos e começamos bem o campeonato”, relembrou o comandante.

Nenhum deles, no entanto, é tão ou mais favorito do que o Muricy Ramalho, que foi coroado o melhor por três oportunidades: em 2005, quando dirigia o Internacional, e nos dois anos seguintes pela conquista do título com o São Paulo. Após o inédito tricampeonato, ele pode assegurar a hegemonia.

“Só o fato de estar entre os três já está bom demais para mim. Faz quatro anos que eu venho aqui e isso já é bom.. Os outros são muitos bons também. Fiz um bom trabalho e tenho chance”, disse o treinador.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo