iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/10 - 00:08

Grêmio retoma a liderança com gols de Morales e Soares

Triunfo gaúcho diante do Santos no Olímpico, aliado ao empate do Palmeiras, devolve o time de Roth à liderança

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - O uruguaio Morales, em sua segunda partida como titular do Grêmio, marcou o primeiro gol que deu a vitória do Tricolor sobre o Santos por 2 a 0 nesta quarta-feira. O segundo foi marcado por Soares. O triunfo gremista, somado ao empate do Palmeiras diante do Figueirense, fez os gaúchos retomarem a liderança isolada no Campeonato Brasileiro, dois pontos a frente do Verdão. Assista aos gols no player ao lado >>

O jogo pela 29ª rodada foi dinâmico e com boas oportunidades para os dois lados, apesar dos inúmeros erros de passe. A trave foi o destino da bola por três oportunidades, evitando um placar mais movimentado. A derrota manteve o Peixe na 13ª posição, mas manteve a diferença para a zona de rebaixamento em seis pontos.

Vantagem desde o início
Sem deixar o adversário pensar, o Grêmio foi para cima desde o apito inicial. Logo aos dois minutos, Morales recebeu dentro da área e bateu para marcar o seu primeiro gol com a camisa tricolor. A desvantagem nos instantes iniciais, deixaram os santistas desconcentrados. O Tricolor fazia marcação no campo adversário e dificultava a saída de bola do Peixe. Cuevas tentava criar jogadas individuais, mas não levava perigo.

Morales teve a oportunidade de ampliar a vantagem gremista aos 18 minutos, quando foi lançado e progrediu em velocidade, invadiu a área e bateu forte para firme defesa de Douglas. Mais calmo, o time de Márcio Fernandes começou a entrar no jogo e a criar as melhores oportunidades da primeira etapa. O primeiro chute santista ocorreu aos 31 minutos, com Fábio Santos batendo para firme defesa de Victor. Aos 36, quem salvou foi o poste. Molina cobrou escanteio e a bola explodiu na junção entre a trave e o travessão.

Os donos da casa só voltaram a finalizar em jogadas aéreas. Com a defesa alvinegra preocupada com o gigante Morales, de 1,96m, quem se aproveitava da liberdade era Soares, que de cabeça errou o alvo por duas vezes. A melhor chance do Santos foi com Cuevas, aos 40 minutos. O paraguaio recebeu passe primoroso de Molina e arrematou para grande defesa do goleiro gremista.

Com média de idade de 22 anos, o jovem time gremista sentia a pressão da partida e se atrapalhava em lances fáceis no segundo tempo. O Santos não aproveitava e o mesmo ocorria do outro lado. Passes eram errados aos montes. Após falha da dupla de zaga paulista, Soares entrou na área aos 9 minutos e chutou mascado para fora. A torcida começava a demonstrar impaciência e apreensão com o desenrolar da partida.

Mesmo sob desconfiança, o Grêmio assentou-se no jogo, voltando a assustar dois minutos depois, com Hélder arrematando para Douglas defender junto à trave direita. Mais quatro minutos e Douglas Costas acertou a trave santista. O Peixe parou e nada criava. Tentando dar mais mobilidade à equipe paulista, Pará entrou no lugar de Bida. O único defeito dos comandados por Celso Roth estava nas inúmeras faltas cometidas na intermediária defensiva.

Aos 29 minutos a partida ficou eletrizante em três ataques seguidos. Primeiro o Santos encaixou um contra-ataque. Após cruzamento rasteiro pela direita, Kléber Pereira desviou a bola na trave. Na saída de bola errada, Cuevas acertou chute para a defesa tricolor evitar o gol a poucos centímetros da linha. Em alta velocidade, Soares invadiu a área santista para Douglas espalmar.

Os instantes finais foram de puro nervosismo. Os gremistas comemoraram como se fosse um gol o fim do jogo do Palmeiras, quando a bola ainda rolava no Olímpico. Porém, nos acréscimos, Victor precisou esticar-se para defender cobrança de falta de Carleto. A torcida só ficou aliviada aos 49 minutos quando Douglas Costa cobrou falta e Douglas soltou bola fácil, dessa vez Soares aproveitou a chance e fez o 2 a 0 no último lance da partida.

Grêmio e Santos terão um logo período de treinos até voltarem a campo. O Tricolor só joga pelo Brasileiro dia 19 diante na Portuguesa, em São Paulo. Enquanto o Peixe pega o Botafogo no dia anterior, no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA (veja como foi o jogo lance a lance)
GRÊMIO 2 X 0 SANTOS

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 8 de outubro de 2008, quarta-feira
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (Fifa) e Ricardo Maurício Ferreira de Almeida (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Jean e Morales (Grêmio); Fabiano Eller, Kleber Pereira e Domingo (Santos)
Cartão vermelho: Fabiano Eller

Gol: GRÊMIO: Morales, aos 2 minutos do primeiro tempo e Soares, aos 49 minutos do segundo tempo.

GRÊMIO: Victor; Jean (Amaral), William Thiego e Rever; Felipe Mattioni, Rafael Carioca, Willian Magrão (Orteman), Douglas Costa e Hélder; Perea e Morales (Reinaldo)
Técnico: Celso Roth

SANTOS: Douglas; Wendel, Domingos, Fabiano Eller e Fábio Santos (Carleto); Roberto Brum, Rodrigo Souto, Bida (Pará) e Molina (Tiago Luís); Nelson Cuevas e Kléber Pereira
Técnico: Márcio Fernandes


Leia mais sobre: Grêmio Santos



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo