Tamanho do texto

Diferença de R$ 4,5 milhões entre oferecido e pedido inviabilizou compra do jogador

Giuliano permanecerá no Dnipro em 2012
Divulgação/Site oficial do Dnipro
Giuliano permanecerá no Dnipro em 2012
Depois de 20 dias de negociação, o Grêmio desistiu de contratar Giuliano. A direção do clube gaúcho divulgou nota oficial, na tarde desta segunda-feira, informando que encerrou a negociação devido ao impasse com o Dnipro.

Mercado da Bola: fique por dentro das últimas negociações do futebol brasileiro

“O Grêmio, por meio de sua direção, informa que as propostas, em conjunto com o grupo de investidores, para a aquisição do atleta Giuliano, não foram aceitas pelo clube Dnipro, da Ucrânia. O Grêmio agradece a postura e participação do atleta e de seu procurador e considera as negociações encerradas”, diz o texto.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

A diferença de 2 milhões de euros (R$ 4,5 milhões) entre o oferecido e o pedido determinou o fim das tratativas. Com ajuda de um grupo de investidores, o Grêmio propôs 8 milhões de euros (R$ 18,2 milhões). O clube ucraniano desejava receber 10 milhões (R$ 22 milhões).

O jogador, que desejava voltar ao Brasil, tinha acerto salarial com o time gaúcho. No domingo, por causa das negociações, pediu e foi liberado de um amistoso na pré-temporada do Dnipro. Na semana passada, uma comitiva gremista foi à Espanha tentar a contratação.

Giuliano é a segunda tentativa frustrada de contratar um meia. Na semana passada, Carlos Eduardo também não veio, afinal, ainda não se recuperou de lesão no joelho direito. O Grêmio também procura um zagueiro.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.