Tamanho do texto

Artilheiro do São Paulo no ano, atacante diz que é hora de se calar e trabalhar para tirar time da crise

O atacante Dagoberto acredita que só as vitórias podem devolver a tranquilidade ao São Paulo . Por isso, com a experiência de defender o clube desde 2007, o camisa 25 avisa que não é o momento de fazer discursos sobre as formas de sair da crise e cobra que cada um assuma sua responsabilidade para reerguer a equipe.

Siga o iG São Paulo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"Muitas vezes, você tem que se calar e trabalhar para resolver a situação, porque falando não resolve nada. Temos de passar por cima de tudo isso e ficar unidos, senão a crise aumenta. Cada um tem de ser homem, porque no momento bom é fácil fazer todas as coisas, mas você mostra quem é nessa hora. Vamos trabalhar, pois a torcida não merece o que está acontecendo", comentou.

Como se não bastasse a eliminação na semifinal do Paulistão diante do Santos , no Morumbi, o São Paulo mergulhou na crise com a desclassificação nas quartas de final da Copa do Brasil, contra o Avaí , e com um desentendimento público entre o meia Rivaldo e o técnico Paulo César Carpegiani . Dagoberto não esconde a frustração com a perda dos dois títulos e reconhece que as derrotas apagaram qualquer coisa que o time tenha feito de bom.

"Foram duas eliminações em competições que tínhamos o objetivo traçado. Faltou merecimento da nossa parte, porque ninguém vai se lembrar que jogamos bem no primeiro tempo contra o Santos, só vão dizer quem foi campeão. Do mesmo jeito, poderíamos ter saído com um resultado bem melhor em casa contra o Avaí, mas vão falar só de quem conseguiu o título", afirmou o atacante, artilheiro são-paulino no ano com 13 gols.

"Temos de parar de dar desculpas e encarar a realidade, porque tem que ter cobrança mesmo. Só perdem a razão quando tomam atitudes diferentes. Mas eles (torcedores) têm o direito, vai de nós reverter a situação. Uma conquista lá na frente vai dar sabor especial", completou. O São Paulo estreia no Campeonato Brasileiro na noite de domingo, diante do Fluminense, no estádio de São Januário.

Para Dagoberto, o momento é de poucas palavras e muito trabalho para tirar o São Paulo da crise
AE
Para Dagoberto, o momento é de poucas palavras e muito trabalho para tirar o São Paulo da crise

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.