Tamanho do texto

Ainda que ele ameace explodir nos muitos momentos de perigo. Corinthians é a definição exata do termo saber sofrer

Vagner Love com os braços abertos
Twitter/Reprodução
Vagner Love fez o gol do título paulista do Corinthians em 2019

Vocês escutaram e até desconfiaram. Um time criticado por pouco driblar, por quase nada ameaçar, por sofrer demais. A voz de vocês foi a ponte de Cássio. E tantas e tantas defesas durante os primeiros meses do ano.

Leia também: É tri! Corinthians derrota São Paulo com gol no fim e conquista o Paulistão

O melhor goleiro da história do Corinthians sobressaiu quando o time precisou. Grandes na história são assim. Sabem crescer quando o momento exige. Quando o adversário cresce. Quando a torcida cobra.

Vocês defenderam todos os chutes naquela segunda infernal contra o Santos. Vocês assopraram, fizeram figa, colocaram a mão na cabeça. Refazer o bom Danilo Avelar apenas com as orientações de Carille.

A voz de Carille é a mesma que ecoou em 77. Que rebateu até chegar a Basílio. Que assoprou com Sheik até silenciar o Boca no Pacaembu. Que empurrou até a cabeça de Guerrero. O mesmo grito que afastou com o mesmo Cássio quando Diego Souza só precisava empurrar.

Vocês não jogam necessariamente com técnica e brilho. Nem precisam de grandes craques e dribles desconcertantes. Vocês não precisam de gênios, de camisas dez. Vocês precisam de coração. Vocês jogam com o coração. Ainda que ele ameace explodir nos muitos momentos de perigo. Corinthians é a definição exata do termo saber sofrer. Vocês são assim. Vocês serão sempre assim.

Corinthians
Eduardo Carmim/Photo Premium/Agencia O Globo
Jogadores do Corinthians com a taça do Campeonato Paulista 2019

Vocês sabiam quando Sornoza recebeu. Contra-ataque. Quando a bola reencontrou o centroavante de 2015. E Love , que só foi ser feliz de novo quando voltou, buscou as redes de Volpi. De primeira. Ouvi de casa. E senti perfeitamente o alívio de vocês. O sorriso de vocês. O gol do título de um time que não é o meu.

Leia também: Confira quais são os campeões estaduais de 2019 ao redor do país

Ninguém vê o Corinthians como Carille. Ninguém sente, enxerga ou conhece o clube como o atual comandante. Ele não é só um técnico. É mais um que grita como tanta gente berra na arquibancada e no mundo. Não é só questão de estilo de jogo. É estilo de vida.

O campeão Corinthians não ganha com os pés. Ganha com o coração.

    Leia tudo sobre: Futebol