Tamanho do texto

Confira a coluna do jornalista Guilherme Cimatti após o título do Palmeiras

Todo palmeirense gostaria de ser Deyverson quando a bola pipocou na área. Todo palmeirense gostaria de ter a perna esquerda de Deyverson para empurrar para o gol do Vasco da Gama. Todo - ou quase todo palmeirense - quis engolir, xingar e tirar Deyverson do Palmeiras em algum momento. Mas o futebol é apaixonante. É coração puro.

Leia também: Obrigado por ser ídolo de todo torcedor palmeirense, grande Dudu

Deyverson foi o autor do gol da vitória do Palmeiras sobre o Vasco que confirmou o deca do Brasileirão
Reprodução
Deyverson foi o autor do gol da vitória do Palmeiras sobre o Vasco que confirmou o deca do Brasileirão

O coração palmeirense, hoje, se chama Deyverson . Que não tem todo talento e nem todos os parafusos do mundo. Que não é Evair e nem é Edmundo. Mas é quem estava na área quando Dudu lançou. Quando Willian ajeitou. Quando ele soltou o grito da garganta de tantas vozes verdes. Que viram a esperança se concretizar.

Todo palmeirense é a segurança de Weverton. E de Prass e de Jailson. É o fôlego de Mayke e Victor. Diogo Barbosa e Rocha. E é a raça de Gomez, Dracena, Antonio Carlos e Luan. A seriedade de Felipe Melo, Bruno Henrique e Thiago Santos. A criatividade de Moises, Gustavo Scarpa, Lucas Lima. É o brilho de Dudu. A finalização de Borja. E é a alienação iluminada de Deyverson.

Leia também: O maior pecado de Aguirre foi dar esperança de título ao torcedor do São Paulo

Deyverson é a alucinação de todo torcedor do mundo. É a infância inocente das crianças. O sonho dos grandes. O choro de todos eles. É a crença de Cuca. O filho de Felipão . Quando Deyverson dividiu. Recebeu. Chutou. Quando o Palmeiras inteiro foi mais - ou tão - brasileiro como nunca.

Leia também: A luta do emocional, do talento e os últimos detalhes do Campeonato Brasileiro

Que seja assim nosso berro: como o chute do menino  Deyverson em corpo de homem. Assim é o sonho palmeirense. Imprevisível como as respostas das crianças. Lindo e surpreendente como o campeão brasileiro. Gigante e imponente como o Palmeiras. O mais importante para quem sempre cantou e vibrou. O melhor time do país. O legítimo dono do Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.