Tamanho do texto

Palmeiras fica com um a menos, mas vence. Fla atropela "morto" da competição. Inter deve definir se continua sonhando com título

Palmeiras e Flamengo ensaiaram o grande jogo do final de semana. No Pacaembu, o Verdão confirmou o favoritismo e bateu o Ceará. Mas não foi fácil. Quase cedeu o empate. Tornou o final do confronto aberto e com qualquer possibilidade viável. Deyverson - mais uma vez - deixou uns parafusos no gramado e saiu expulso. Foi apertado e sofrido. Segue firme no sonho pelo título. Muito por conta do folclórico atacante que mais assusta do que conserta.

Leia também: Líder Palmeiras vence Ceará no Pacaembu

O alviverde tem convencido pela competitividade de Felipão. São dois bons times divididos em um ótimo elenco. Pilhar o grupo - especialidade do técnico - é a grande especialidade do comandante, principalmente se for comparado com o congelado e indiferente Roger Machado. Weverton deu segurança e Bruno Henrique decidiu. Dois a um na capital paulista e mais três pontos na boa bagagem. Liderança e possibilidade real de título . Mais perto.

Leia também: Barcelona e Real Madrid devem disputar Neymar

O Flamengo não teve qualquer dificuldade diante do morto Paraná. O Paraná morreu antes de ver o campeonato pegou fogo. Foi presa fácil durante toda competição e não foi diferente. Dorival parece ter dado confiança aos jogadores e a diferença está no placar e na segurança, principalmente. Os dois estão na briga. Palmeiras e Flamengo estão firmes e fortes na luta. O Internacional deve definir nessa segunda se sonha com nocaute ou se vai ser derrubado pelo bom Santos de Cuca. Se dois ou três times estarão na disputa, no fim das contas.

Leia também: Na F1, Fernando Aloso diz que precisa descansar, mas pode voltar em 2020

O retraído Corinthians do retranqueiro Jair Ventura trouxe um ponto de Salvador. Empatou duelo emocionante com o frágil Vitória. Cinco distantes pontos separam o Timão do risco desastroso de rebaixamento. Parece muito longe o possível pesadelo no Parque São Jorge, mas é preciso caminhar com os olhos abertos. Visando mais o gol do que a marcação. É necessário pensar como time grande no cego e ineficaz futebol brasileiro . O chato e monótono futebol brasileiro.

Trinta jogos já se passaram para quase todos. Um duelo ainda deve definir a lista que disputa o título . Palmeiras e Flamengo saíram ilesos. O Inter joga a vida. Corinthians tomou outro duro golpe em Salvador. O golpe de se contentar apenas em não receber o soco. E jamais tentar o nocaute definitivo. Jair precisa mostrar que a luta não é só resistir. A melhor defesa sempre será o ataque. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.