Tamanho do texto

Cristiano Ronaldo e Iniesta, ídolos do futebol mundial, erram. Mas continuam amados por portugueses e espanhóis, respectivamente

Cristiano Ronaldo é o melhor finalizador do mundo. Ninguém é tão efetivo. O craque chuta de esquerda e de direita com extrema facilidade, além de cabecear bem. Tem altura, tem corpo, tem velocidade. Nasceu driblador e amadureceu goleador. Raramente o gênio português erra. Aconteceu nessa segunda-feira. 

Leia também: Show do VAR: Espanha empata e é líder; CR7 perde pênalti, mas Portugal avança

Cristiano Ronaldo perdeu pênalti na partida entre Portugal x Irã
Divulgação/Fifa
Cristiano Ronaldo perdeu pênalti na partida entre Portugal x Irã

Pênalti. Cristiano Ronaldo bateu de chapa, mas o goleiro do Irã defendeu. Ele passou em branco contra o adversário defensivo. Viu o companheiro Quaresma marcar belo gol de trivela. E foi fundamental na classificação portuguesa, em outras partidas. Deu uma cotovelada infantil em um adversário e recebeu cartão amarelo, correndo sério risco de ser expulso. Riu forçado da marcação do juiz. Acabou passando sem maiores consequências. Mas o fato é que o português ama Cristiano.

Leia também: Uruguai bate a Rússia e garante liderança do Grupo A; sauditas viram sobre Egito

A Espanha empatou com Marrocos. Iniesta quase nunca erra passes, mas errou nessa segunda-feira. Ele se desentendeu com Sergio Ramos e viu o time rival abrir o placar. Depois se redimiu. Não foi um grande jogo do maior craque da história espanhola, no entanto. Os campeões do mundo de 2010 passaram certo apuro. Estão nas oitavas, porém, apesar do equívoco. O espanhol ama Iniesta. Todos podem falhar. Portugal enfrenta o Uruguai na próxima fase. A Espanha vai atuar contra a Rússia. A Copa ganhou com Iniesta e CR7. O futebol.

Leia também: Tite esconde último treino da seleção antes de viagem para decisão contra Sérvia

Portugal é dependente de Cristiano Ronaldo , assim como o Brasil precisa de Neymar. A diferença é que os portugueses amam o craque. O Uruguai será uma pedreira para os europeus. Jogo difícil. Já a Espanha tem conjunto melhor e é favorita contra os donos da casa.