Tamanho do texto

A crônica de hoje liga a vitória santista na Argentina com a tensão política envolvendo o ex-presidente Lula. Afinal: de quem é a culpa?

Seria simplista dizer que o Santos venceu o Estudiantes apenas pelo espetacular Vanderlei. A questão é muito mais complexa. Foram diversas belíssimas defesas do goleiro do Peixe - talvez o melhor do Brasil. Mas não podemos fechar os olhos para outras coisas, afinal. A culpa pela vitória brasileira é também da bola, por ser muito leve, incapaz de chegar com força ao gol dos visitantes. A culpa é da terra. Porque a terra é redonda e não quadrada. Se fosse quadrada, a gravidade faria - com certeza absoluta - Vanderlei perder para os fracos atacantes argentinos. "Na descida todo santo ajuda", diriam - mas em espanhol - os torcedores hermanos. E rindo, claro.

Leia também: Lembranças de um neto qualquer

Vanderlei brilhou na vitória santista
Divulgação
Vanderlei brilhou na vitória santista

A culpa é dos mosquitos da zona oeste de São Paulo. O zumbido deles, claramente ouvido em todos os bares, camas e restaurantes, chegaram ao gramado de Quilmes. E vinha, barulhento, atrapalhando os atacantes do Estudiantes. Zzzzzzzzz. Alguns até dormiram, confundindo o "z" do zumbido com o "z" do sono. Outros furaram, escorregaram, perderam em campo. Mas a culpa é, claramente, desses bichos que não têm sequer esqueleto ou peso significativo. E é bom que se diga: não havia qualquer mosquito na Argentina. Todos ficaram concentrados na Rua Aibi. Curiosamente o endereço do meu amigo Gustavo Soler, jornalista que sofreu com as mordidas dos maledetos.

Leia também: Com a cara, a coragem e o estilo do Corinthians

O Estudiantes não perdeu para o Santos por errar todas as finalizações. Perdeu porque a tia-avó de um torcedor que estava lá na arquibancada está com frieira no pé esquerdo. E sempre que a velhinha tem frieira no pé... Vixi. Dá um azar lascado. Sem falar no chulé. E a culpa, portanto, também é da toalha que não estava no banheiro na noite retrasada. Sem a frieira, amigos, há quem diga que os argentinos encheriam as redes de gols e o placar de números. Em um jogo desses, meus caros, qualquer detalhe faz a diferença. Inclusive os esdrúxulos.

A culpa é do gelo que está derretendo na Antártida. É da mudança climática planeta afora. É do crescimento populacional. Da minha unha roída. A culpa da vitória santista na Argentina é da Nasa. Dos papagaios falantes, aprendendo sem parar palavras novas. Da feiura de Ribéry. Da Guerra do Paraguai. Do Pedro Alvares Cabral. A culpa é da cueca azul que eu estou usando agora. 

Leia também: Ronaldinho Gaúcho completa 38 anos. Verde e Peixe na semifinal do Paulistão

Os mesmos também acreditam que Lula é o principal responsável, o dono de toda culpa , de todos esses acontecimentos aqui citados. Acompanhado, obviamente, apenas pelos meliantes Chaves, Chuck Norris e Coelhinho da Páscoa. E só por eles: donos dos acontecimentos negativos que cercam o inocente planeta.

    Leia tudo sobre: Futebol Lula