O Corinthians espera fechar o balanço financeiro de 2021 com um pequeno superávit em suas contas.

Após anos no vermelho, acumulando déficits e aumentando a dívida, o clube espera fechar no azul as contas deste ano.

Mas para isso, a diretoria faz uma previsão arriscada.

No orçamento que foi passado para análise do CORI (conselho de orientação do clube), como manda o estatuto, consta uma previsão de R$ 70 milhões em vendas de atletas, ainda neste ano.

Você viu?

O Corinthians ainda arrecadará R$ 210 milhões com direitos de televisão nos quatro campeonatos que disputará (Paulista, Copa do Brasil, Sul-americana e Brasileiro), e R$ 76 milhões com patrocínios.

Em premiações, a previsão é discreta: R$ 3 milhões.

Chama atenção no balanço também um item chamado: “empréstimos novos”. Como publicou o UOL, o clube espera receber quase R$ 100 milhões em 2021. Como o Corinthians tem todas as suas contas bloqueadas judicialmente, estes empréstimos não podem chegar às contas do clube no momento.

Se a previsão é receber quase R$ 100 milhões em empréstimos bancários, o clube terá que pagar em 2021 cerca de R$ 115 milhões de empréstimos anteriores.

Sobre a venda de atletas, a aposta está nos jogadores formados na base do clube que estão sendo utilizados neste início de ano pelo técnico Vagner Mancini. Mesmo assim, pelos valores atuais de mercado destes atletas, é muito difícil o clube chegar até o final do ano com a receita desejada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários