Deu vontade hoje de fazer só Splash and Go (ou rapidinhas). Tem Stock Car, Fórmula 1 e Fórmula E. Partiu? Então, acelera aí comigo, seus loucos por aquele cheirinho inconfundível de borracha e gasolina queimadas!

Splash and Go (ou rapidinhas):

- Eu tinha marcado uma entrevista com o CEO da Stock Car, Fernando Julianelli, ontem (terça, 27), às 11h. Às 10h24, ele me mandou uma mensagem, dizendo que a Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) havia pedido uma reunião extraordinária às 11h. Julianelli, então, me perguntou se eu conseguiria conversar naquele momento ou no fim do dia. Escolhi naquele momento, porque vai que depois ele não pode. Ainda brinquei que eu gostaria de ser uma mosca naquela reunião convocada pela CBA. Às 12h39, publiquei a entrevista, dizendo que ele queria que a corrida 2 tivesse o mesmo tempo da corrida 1. Pouco mais de seis horas depois, às 18h50, ele me mandou um vídeo em que contava que não só as duas corridas teriam o mesmo tempo, como aumentaria a duração para 30 minutos cada. Golaço! Sobre a reunião com a CBA, me disse que medidas paliativas seriam tomadas para Interlagos para dar mais rapidez às decisões dos comissários, sem entrar em detalhes. Aguardemos.

- Não só a Stock está buscando melhorias. A Fórmula 1 também. As equipes da categoria mais importante do mundo aprovaram por unanimidade a realização de corridas classificatórias aos sábados já em 2021. O novo formato já deve ser testado em Silverstone, em Monza e talvez até aqui em Interlagos. Diminuir o tempo dos treinos livres e enfiar uma corrida no sábado são passos determinantes para tornar o fim de semana da Fórmula 1 ainda mais atraente para o público. Golaço!

- Quem não fez golaço foi a Fórmula E. No último fim de semana, a categoria correu no circuito permanente Ricardo Tormo, em Valência, na Espanha. No sábado, com chuva, foi uma confusão danada, com muitos carros terminando a corrida sem bateria. No domingo, uma procissão de carros lentos em fila indiana, se preocupando mais em poupar bateria, do que disputar uma corrida. Foi chato acompanhar a prova prestando mais atenção na porcentagem de bateria que restava em cada carro do que em qualquer outra coisa. Que venha Mônaco e que seja mais divertido. A categoria merece.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários