Tamanho do texto

Ala-armador acreditava que o talento do elenco faria com que Heat terminasse o campeonato com o segundo título da sua história

A temporada 2010/11 da NBA teve um desfecho bem diferente do que o ala-armador Dwyane Wade imaginava. Frustrado pelo vice-campeonato , o atleta revelou que acreditava que as contratações do ala LeBron James e do ala-pivô Chris Bosh possibilitariam ao Miami Heat se destacar dos demais times da liga e conquistar o título.

“Você inicia uma temporada vendo quanto de talento há no elenco e imediatamente pensa que as coisas serão mais fáceis”, disse Wade, que em seguida reconheceu: “É necessário trabalhar o jogo. Ninguém atinge um bom nível em algo automaticamente”.

O Miami passou por altos e baixos durante a temporada. Na fase de classificação, conseguiu emplacar uma série de 12 jogos de invencibilidade, mas também chegou a atravessar um período de cinco partidas sem vencer.

Com uma campanha de 57 vitórias e 25 derrotas, equipe da Flórida se classificou aos playoffs na segunda posição da Conferência Leste e chegou às finais deixando para trás o Philadelphia 76ers, o Boston Celtics e o Chicago Bulls. Contudo, acabou caindo na decisão diante do Dallas Mavericks.

A derrota para os texanos impediu que o Miami chegasse ao título pela segunda vez na história .

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.