Tamanho do texto

Rick Carlisle ressalta boa atuação defensiva dos seus comandados no fim do último quarto, mas lembra que não há nada definido

A derrota do Dallas Mavericks nesta segunda-feira, na quarta partida da série contra o Oklahoma City Thunder, era iminente. Quando faltavam cinco minutos para o fim do jogo, perdia por 15 pontos de diferença. Mas o time do Texas conseguiu fazer com que o confronto tivesse um desfecho completamente diferente do que muita gente imaginava.

Com a corrida de 17 a 2 imposta no restante do último quarto, o Mavericks empatou o jogo e forçou a realização da prorrogação. No tempo-extra, continuou dominando o adversário e conquistou a vitória por 112 a 105 .

“Foi tudo questão de parar o ataque deles”, disse Rick Carlisle, técnico do Dallas, sobre o desempenho da sua equipe nos cinco minutos finais do último quarto. “Todos que estiveram em quadra durante aquele período contribuíram bastante. Seja forçando erros ofensivos do oponente, pegando rebotes, fazendo grandes jogadas no ataque, dando boas assistências”.

O resultado deixa o Mavericks a um passo da classificação. O time vence a série contra o Thunder por 3 a 1 e pode chegar à decisão pela segunda vez na história caso vença o próximo confronto, que será disputado na quarta-feira dentro do seu ginásio. Tudo o que Carlisle quer de seus comandados é que eles mantenham o foco e não pensem que a situação está definida.

“Nós trabalhamos muito para vencer estes jogos, não tem nada garantido na quinta partida, nós sabemos disso”, afirmou o treinador. “Mas todos nós que estamos envolvidos nesse time já passamos por muitas batalhas e entendemos a posição em que nos encontramos. Precisamos descansar e nos prepararmos para a quarta-feira, pois temos uma grande oportunidade pela frente”.

Dirk Nowitzki adota a mesma linha de raciocínio. O ala comemora a virada sobre o Oklahoma City, mas destaca o baixo rendimento da defesa no início do jogo e a inferioridade nos rebotes. Defeitos que ele espera que sejam corrigidos para que o Dallas não deixe o adversário renascer na série.

“Acredito que eles virão com força no quinto jogo”, declarou Nowitzki, dono de 40 pontos na vitória sobre o Thunder. “Obviamente, estão desesperados agora. Mas eles já mostraram que podem ganhar na nossa casa, já fizeram isso na segunda partida. Eles virão confiantes, mas nós temos que vencer”.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.