Tamanho do texto

Ray Allen anotou 35 pontos e foi o grande destaque da vitória do Celtics; LeBron James foi o melhor do Heat no jogo

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860166663&_c_=MiGComponente_C

O Miami Heat sofreu a sua segunda derrota consecutiva dentro de casa. Nesta quinta-feira (11), a equipe recebeu o Boston Celtics e perdeu por 112 a 107. Na noite anterior, já havia sido batida pelo Utah Jazz, na prorrogação, por 116 a 114.

Ray Allen foi o grande responsável pela sétima vitória do Boston em nove jogos disputados na temporada. O ala-armador marcou 35 pontos, tendo acertado sete dos nove arremessos de três que arriscou.

Com 25 pontos, o ala Paul Pierce também apareceu bem pelos visitantes. O ala-pivô Kevin Garnett somou 16 pontos e 13 rebotes. Já o armador Rajon Rondo anotou apenas oito pontos, mas distribuiu 16 assistências.

AP
Dwyane Wade tenta fazer a cesta contra a marcação de Kevin Garnett

Recuperado de lesão, o veterano pivô Shaquille ONeal retornou ao time e atuou por 21 minutos. Marcou cinco pontos, pegou sete rebotes e cometeu cinco faltas no tempo em que esteve em quadra.

Faltou uma assistência para que LeBron James atingisse o seu segundo triple-double com a camisa do Miami Heat. O astro teve 35 pontos, dez rebotes e nove assistências. O ala-pivô Chris Bosh registrou 15 pontos e sete rebotes. Udonis Haslem, ala-pivô reserva, saiu do banco e teve ótima atuação: 21 pontos e dez rebotes.

Dwyane Wade, por sua vez, teve uma das atuações mais apagadas da carreira. Com apenas dois arremessos certeiros em 12 tentados, anotou somente oito pontos. Distribuiu ainda três assistências e cometeu seis desperdícios de posse de bola.

Rondo acertou um arremesso logo na primeira posse de bola do jogo, inaugurando o placar em favor do Boston. LeBron empatou em seguida, mas Allen respondeu com um tiro de longa distância. Os visitantes venciam à esta altura por 5 a 2 e mantiveram-se em vantagem pelo restante da partida.

O Miami perdeu o primeiro quarto por sete pontos (27 a 20). Sofreu cinco bolas de três pontos no segundo período, três delas feitas por Allen, e viu a desvantagem ficar ainda mais elástica. Uma cesta de Paul Pierce no último segundo fez com que o Celtics fosse para o intervalo liderando por 61 a 46.

A defesa do time da Flórida não conseguia conter o ataque rival, que pontuou bastante na primeira metade. Já o desempenho ofensivo foi comprometido pela péssima atuação de Wade no primeiro tempo: o astro errou todos os arremessos de quadra que arriscou e anotou os seus dois únicos pontos em lances livres.

Uma cesta de Allen logo no início do terceiro quarto deixou os visitantes com 20 pontos de frente (70 a 50). Mas os 20 pontos de LeBron ao longo da segunda metade ajudaram o Heat a voltar a se aproximar no marcador.

A torcida no American Airlines Arena animou-se quando Bosh fez uma bandeja, com pouco mais de quatro minutos para o fim, e cortou a diferença para apenas sete pontos (106 a 99). Mas a ducha de água fria veio em seguida, pois o Boston anotou cinco pontos seguidos e voltou a abrir dois dígitos. Sem tempo para engatar uma nova reação, o Miami não conseguiu evitar a segunda derrota seguida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas