Tamanho do texto

Pivô vai ficar de fora de toda a temporada e valor que poderá ser excedido deve ser usado para buscar reposição

Com a lesão de

Yao Ming, que deixa o chinês fora das quadras até o fim do campeonato, o Houston Rockets corre atrás da “disabled-player exception”. Esta é uma exceção no teto salarial das equipes, para quando um jogador perde o campeonato machucado.

A exceção dá ao time a possibilidade de assinar com um jogador pelo valor de US$ 5,7 milhões, cerca de R$ 10 milhões.

Como a lesão de Ming aconteceu antes de 30 de novembro, o Houston teria 45 dias para usar a exceção. A contagem começa a partir da data em que o Rockets soube que o jogador não se recuperaria, 14 de dezembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.