Tamanho do texto

Ala vinha tendo um desempenho abaixo do esperado e seu nome vai constar na lista dos jogadores inativos na temporada

Lamar Odom rescindiu contrato com o Dallas Mavericks
Getty Images
Lamar Odom rescindiu contrato com o Dallas Mavericks
O Dallas Mavericks e Lamar Odom chegaram a um acordo para que o ala não jogue mais nesta temporada pela equipe e conste na lista dos jogadores inativos da NBA até o fim da atual temporada. O acordo foi selado entre ambas as partes no domingo.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros fãs do basquete

Odom vinha tendo fraco rendimento desde que chegou ao time, em dezembro, após uma troca com o Los Angeles Lakers.

Leia mais: Spurs supera Utah Jazz, acumula a 11ª vitória seguida e segue líder

A sua esposa, Khloe Kardashian, está preocupada com a saúde mentam de Odom. Segundo ela, o jogador não se conforma e está deprimido desde que foi negociado pelos Los Angeles Lakers.

Tudo sobre o basquete no blog do Sormani

"Lamar sente que foi arrancado de sua família sem qualquer aviso ou notificação. Ele não consegue entender o fato de que o Lakers o negociaram depois de todos os seus anos com a equipe", diz fonte ligada à família de Lamar Odom.

A decisão faz com que o ala, que claramente não se mostrou adaptado aos Mavericks, não atue mais nesta temporada, e o 'Mavs' pretende assim usar o jogador como uma valiosa moeda de troca na pós-temporada.

Confira ainda: Carmelo Anthony anota 43 pontos em vitória do Knicks sobre o Bulls

Em entrevista à rede de televisão 'ESPN', Odom admitiu o acordo e afirmou que se sentiu feliz com o entendimento com o Dallas. O ala também disse que sabe que as coisas não caminharam bem, mas gostaria que os Mavericks, seus ex-companheiros e os torcedores do time pudessem manter todas as esperanças de lutar pela defesa do título.

O Dallas Mavericks vai esperar o draft e ver o que pode conseguir em troca de Lamar, podendo fazer com que outro time assuma seu atual contrato de mais um ano e US$ 8,2 milhões em salários, ou pagar sua rescisão por US$ 2,4 milhões. O dono dos Mavericks, Mark Cuban, confirmou por e-mail que não tinha mais o que acrescentar ao que o jogador disse em comunicado.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.