Tamanho do texto

Divergência entre os irmãos Maloof, donos da franquia, por conta de uma nova arena faz a mudança para Anaheim ser adiada

Um dos donos da franquia Kings da NBA, Joe Maloof informou nesta segunda-feira que a equipe permanecerá em Sacramento por pelo menos mais um ano. Nos últimos meses, os dirigentes consideraram a mudança para Anaheim, também na Califórnia, o que poderá acontecer ao fim da próxima temporada.

A divergência entre os donos do Kings e a cidade é por conta de uma nova arena, que o prefeito Kevin Johnson, ex-jogador do Phoenix Suns, teria prometido construir, o que não aconteceu. "O prefeito de Sacramento falou à NBA que ele tem planos para uma nova arena em um ano", disse Maloof. "Se não acontecer, realocaremos o time em outra cidade.

Os donos da franquia não estão satisfeitos com a Powerbalance Pavilion, atual casa da franquia. Afirmaram que o time perdeu cerca de R$ 12,6 milhões na última temporada .

O dirigente ainda elogiou os torcedores de Sacramento e afirmou que a possível mudança não tem nenhuma ligação com eles. "Sempre disse que acho que Sacramento tem os melhores torcedores do mundo", afirmou Maloof. "O suporte que eles dão é incrível. Eles têm consciência de que demos a eles uma nova oportunidade e estamos ansiosos para jogar basquete".

Na última semana, uma corporação da comunidade de Sacramento deu a representantes da liga norte-americana um depósito de mais de US$ 10 milhões em promessas de patrocínio, para que a equipe ficasse na cidade por pelo menos mais um ano.

"Gastamos 13 anos e milhões de dólares para tentar construir uma arena", afirmou Maloof. "Nós não temos a resposta. O prefeito tem as respostas e estamos esperando para ouví-las. Ele precisa ter um plano. Não queremos ser desonestos com os fãs de Sacramento. Há uma urgência e está na mão do prefeito Johnson e de sua equipe política".

A franquia do Kings foi iniciada em 1945, como Rochester Royals, mas só afiliou-se à NBA em 1948. Em 1985, a equipe chegou a Sacramento. Na última temporada, o time teve a segunda pior campanha da Conferência Oeste da NBA, com 24 vitórias e 58 derrotas - à frente apenas do Minnesota Timberwolves, que perdeu 65 vezes.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.