Tamanho do texto

Armador Hélio revelou ficar com a "garganta seca" na vitória da equipe carioca sobre o Quimsa em Ibarra no Equador

O Flamengo teve mais do que o Quimsa pela frente na noite desta terça-feira. Na sua estreia pela Liga das Américas, a equipe carioca teve que lidar com a altitude de Ibarra que para o jogador Hélio pesou.

A vitória sobre o argentino Quimsa veio em uma partida muito equilibrada e decidida apenas no final. Após o triunfo por 78 a 72, o armador Hélio admitiu as dificuldades de jogar nos 2.200m da cidade de Ibarra no Equador.

"A garganta seca", revelou o jogador. "Falta um pouco de ar, mas conseguimos superar isso para vencer a partida. Agora é pensar no próximo jogo. Esse foi apenas o primeiro passo".

E o próximo compromisso do time carioca pode ser ainda mais complicado do ponto de vista da altitude. O Flamengo joga nesta quarta-feira contra o Mavort, equipe local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.