Tamanho do texto

A polonesa Margo Dydek tem 2,18m e chegou a ser considerada a maior jogadora de basquete em atividade no mundo

A ex-jogadora da WNBA Margo Dydek, de 37 anos, sofreu um ataque cardíaco em sua casa, na cidade de Brisbane (Austrália), e está internada em coma em um hospital da cidade. A polonesa trabalha como treinadora do Northside Wizards, da liga australiana de basquete.

Grávida de seu terceiro filho, Dydek ficou famosa no início da década de 2000 quando foi considerada a jogadora de basquete mais alta em atividade, com 2,18m. Sua irmã, Katarzyna, disse que a ex-atleta sofria de arritmia cardíaca.

“Por sorte, foi pela manhã quando o marido dela estava em casa”, disse Katarzyna. “Uma ambulância chegou cinco minutos depois e começaram a ressuscitá-la imediatamente”.

Dydek chegou à WNBA em 1998, quando foi a primeira selecionada do draft pelo Utah Starzz. Em uma carreira de dez anos na liga, ainda jogou pelo San Antonio Silver Stars, Connecticut Sun e o Los Angeles Sparks. Em 2000, defendeu a seleção polonesa que disputou as Olimpíadas de Sydney.

Duas vezes escolhida para participar do “All Star Game”, a ex-jogadora detém o recorde de maior número de tocos por uma jogadora da WNBA (877, em 323 partidas realizadas).

Embora as tentativas de tirar a ex-atleta do coma não tenham sido bem sucedidas, a família está confiante que Dydek conseguirá sobreviver. “Nós estamos otimistas e os resultados dos testes feitos no hospital foram positivos”, afirmou Katarzyna.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.