Tamanho do texto

Cesta de Ricardo Probst nos segundos finais garante vitória dentro de casa da equipe francana, que está a um passo das semifinais

A cesta do pivô Ricardo Probst nos últimos segundos deixou Franca a um passo de se garantir nas semifinais do NBB. De maneira emocionante, a equipe francana bateu São José dentro de casa nesta terça-feira por 78 a 77 e agora lidera a série por 2 a 0.

Ricardo terminou o jogo com 11 pontos. O principal destaque de Franca foi o também pivô William Drudi, com 17 pontos e dez rebotes. O ala Márcio Dornelles colaborou com 13 pontos, quatro rebotes e quatro assistências.

São José contou com grande exibição de Murilo Becker. O pivô foi o cestinha da partida com 31 pontos e atingiu o “double-double” com os 17 rebotes que apanhou. Seu companheiro de garrafão, Rafael Mineiro, também alcançou o duplo dígito nos dois fundamentos: foram 13 pontos e dez rebotes. Já o armador Fúlvio de Assis apareceu com 12 pontos, seis assistências e cinco rebotes.

A boa atuação dos seus dois jogadores de garrafão permitiu que o São José dominasse os rebotes: foram 38, contra somente 20 de Franca.

O jogo

Os dois ataques funcionaram muito bem no início do confronto. De um lado, Mineiro finalizava as jogadas ofensivas com propriedade, marcando dez pontos nos dez minutos iniciais. Do outro, o armador Fernando Penna mostrava pontaria calibrada nos arremessos de longa distância. O primeiro quarto terminou com os mandantes dois pontos à frente (26 a 24).

Ala Márcio Dornelles sobe para fazer arremesso durante a partida, vencida por Franca
Divulgação
Ala Márcio Dornelles sobe para fazer arremesso durante a partida, vencida por Franca

As defesas melhoraram no segundo período, fazendo com que o marcador fosse movimentado com frequência um pouco menor. O São José foi um pouco melhor e conseguiu chegar ao intervalo em vantagem (39 a 37).

Franca voltou dos vestiários mais ligado e tomou conta da partida. Já nos primeiros minutos da segunda metade, conquistou a virada e rapidamente abriu distância segura no marcador.

A vantagem chegou a ser de 13 pontos (66 a 53) restando cerca de seis minutos para o fim do jogo. Foi quando Régis Marrelli, técnico de São José, pediu um tempo. A conversa parece ter dado efeito, pois a equipe do Vale do Paraíba voltou à quadra com mais atitude, pressionando o adversário.

Aos poucos, os visitantes foram se aproximando no placar. O time estava a um ponto do empate (77 a 76) a 12 segundos do encerramento da partida e tinha a posse de bola. Fúlvio partiu para a infiltração e sofreu a falta de Vitor Benite. O armador converteu os dois lances livres e deu a liderança a São José (78 a 77).

Franca pediu um tempo para armar a última jogada. A bola foi para as mãos de Drudi com três segundos restantes. O pivô errou o arremesso, mas Ricardo pegou o rebote ofensivo e fez a cesta da vitória francana.

O próximo jogo da série será nesta quarta-feira, novamente em Franca. Em caso de mais uma vitória, a equipe local carimba passaporte às semifinais do NBB.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.