Tamanho do texto

Mesmo fora de casa Mavericks mostra força, segura reação do rival para comprovar boa campanha na temporada

O Dallas Mavericks comprovou seu bom momento na temporada. Mesmo jogando fora de casa diante do Washington Wizards, o time texano mostrou força e conseguiu e conseguiu conter a reação dos donos da casa no final para confirmar o triunfo por 105 a 99 na noite deste sábado.

Foi o quinto triunfo consecutivo do Dallas no campeonato. Agora a equipe soma 42 vitórias em 58 partidas. O desempenho classifica o Mavericks como o segundo melhor da Conferência Oeste atrás apenas do San Antonio Spurs. Já o Wizards segue com campanha ruim. São 43 derrotas em 58 jogos e o décimo quarto posto no Leste.

Para vencer, o Dallas foi comandado por Tyson Chandler. O pivô conseguiu um "double-double". Além dos 23, o atleta ainda colaborou com 13 rebotes. Pelo lado do Washington, o novato John Wall foi o destaque com 24 pontos.

Outra chave para a vitória do Dallas foi a colaboração do banco de reservas. Os suplentes doo Mavericks fizeram 48 pontos contra apenas 28 do Wizards. Entre os jogadores que não começaram jogando, Jason Terry foi o destaque. O atleta fez 25 e terminou o duelo como principal cestinha.

O jogo

Shawn Marion tenta cesta
AP
Shawn Marion tenta cesta
O Washington começou melhor o jogo. Bem na defesa e contando com erros do Dallas, o time da capital norte-americana anotou os seis primeiros pontos do duelo. No entanto, o Mavericks entrou na partida e equilibrou as ações. Os visitantes tomaram o controle do placar e fecharam o primeiro período com 23 a 22.

O jogo foi equilibrado durante boa parte do segundo quarto. No entanto, o Dallas evitou o ataque do Washington nos últimos três minutos do período. Com 11 pontos seguidos, o Mavericks abriu 11 de vantagem e fechou o primeiro tempo com dez de frente: 59 a 49.

O intervalo não fez bem ao Dallas. A equipe passou os quatro minutos iniciais do segundo tempo sem pontuar. O Washington fez nove pontos seguidos e reduziu a desvantagem para apenas um. No entanto, o Wizards não sobre aproveitar o bom momento e o Mavericks voltou a estabelecer uma boa vantagem (78 a 72 no final do quarto).

No começo da parcial decisiva, o Dallas conseguiu manter a diferença entre as equipes em nove pontos. Contudo, o Washington começou uma reação e entrou no minuto final da partida apenas dois pontos atrás.

O Dallas contou com bom aproveitamento na linha do lance-livre na reta final do jogo. O alemão Dirk Nowitzki e Jason Terry ajudaram a equipe a abrir seis pontos de vantagem nos segundos finais. Forçando os ataques, o Washington não conseguiu mais se recuperar.

Detroit volta a vencer

O Detroit Pistons colocou um ponto final no seu mau momento na temporada. Após três derrotas consecutivas, a equipe voltou a vencer. Jogando em casa, o time superou o Utah Jazz por 120 a 116 na noite deste sábado.

Para vencer, o Detroit contou com ótimo desempenho nos arremessos de longa distância. Os anfitriões converteram 11 dos 16 tiros de três pontos que tentou na partida. Charlie Villanueva e Austin Daye foram os destaques nesta estatística com quatro acertos cada.

Outra chave para a vitória do Pistons foi a boa partida feita por Rodney Stuckey. O jogador foi o cestinha da partida com 28 pontos. Pelo lado do Jazz o destaque foi Paul Millsap com 23 pontos e 11 rebotes.

Com o resultado, o Detroit quebrou uma série de três tropeços seguidos para conquistar a vitória número 22 na temporada. A equipe soma 39 derrotas em 62 jogos e segue em décimo primeiro lugar na Conferência Leste.

Para o Utah, a derrota teve um importante impacto negativo. O 28º revés na temporada derrubou a equipe para fora da zona de classificação para os playoffs da Conferência Oeste. Agora, o time de Salt Lake City é o nono colocado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.