Tamanho do texto

Pivô haitiano não está contente com papel na equipe e agente já conversa com a franquia em busca de solução

Samuel Dalembert está muito insatisfeito com seu papel no Sacramento Kings, time pelo qual assinou ano passado.

“Eles tem que me avisar para qual direção eles querem ir”, disse o pivô haitiano. “Eles sabem o que eu faço melhor: dou tocos, pego rebotes e coloco o time pra o contra-ataque. Eu viu jogar os próximos cinco anos em um time que quer ganhar o título ou ficarei aqui, ajudando a equipe a melhorar”.

O Kings tem apostado no pivô novato DeMarcus Cousins e há conversas sobre uma possível troca de Dalembert.

“Atualmente o papel dele é um pouco menos importante do que eu imaginei”, disse o treinador Paul Westphal.

O agente de Dalembert, Marc Cornstein, está em Sacramento para resolver a situação de seu cliente.

“A gente não que apertar o botão de pânico e as razões pelas quais nos animamos em trazê-lo para cá, continuam aqui”, disse Cornstein. “Estamos tentando achar uma solução, não é decisão dele. Se será feita uma negociação, fica a cargo da equipe”.

O contrato de Dalembert é avaliado em US$ 13 milhões e vai até o final da temporada. O pivô começou em 15 de 30 jogos na temporada e tem médias de 4,5 pontos, 6,8 rebotes e 1,7 tocos por jogo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.