Tamanho do texto

Após sair perdendo no primeiro tempo, time candango voltou animado à quadra, virou e garantiu a vitória

Atuando em casa, o Uniceub/BRB/Brasília venceu a equipe do Minas Tênis Clube nesta sexta-feira por 87 a 76 e alcançou a vice-liderança do NBB. Mesmo após terminar o primeiro tempo em desvantagem, o time candango fez um ótimo terceiro quarto, conseguiu a virada e não perdeu mais a dianteira.

Deixe sua mensagem e comente a notícia com outros torcedores

O ala/pivô Guilherme Giovannoni, do Brasília, foi o cestinha da partida com 25 pontos e chegou próximo do duplo-duplo ao coletar nove rebotes. Na equipe de Belo Horizonte, o destaque foi o ala/armador argentino Luciano Gonzalez, que fez 23 tentos e distribuiu quatro assistências.

Com 21 vitórias em 27 jogos, mesmo número dos concorrentes Pinheiros e Flamengo, o Brasília ainda fará mais um jogo na fase de classificação do NBB na próxima terça-feira, fora de casa, contra o Itabom/Bauru. Já o Minas, que está na 12ª posição e ainda luta por uma vaga nos playoffs, também terá um confronto como visitante contra o time do interior paulista, só que neste domingo.

"Foi uma boa vitória, em um jogo complicado, já que o nosso adversário esteve bem em quadra. Agora, é pensar no duelo contra o Bauru, já que temos a possibilidade de terminar a primeira fase no segundo lugar e vamos lutar por isso", disse Giovannoni, do Brasília.

Leia mais:  São José vence, conta com derrota do Pinheiros, e assume liderança

No outro jogo desta sexta-feira pelo NBB a Liga Sorocabana venceu o Itabom/Bauru por 71 a 64. O cestinha da equipe da casa foi o ala/pivô César, com 15 pontos, mas outros três atletas ultrapassaram a barreira dos dez pontos: Fabrício (13), Paulo Nery (12) e Kenny Dawkins (10). O maior anotador da partida foi o pivô Jeff Agba, do Bauru, com 18 pontos.

Com o resultado, a Liga Sorocabana encerrou a fase de classificação na 11ª colocação e agora aguarda a definição do rival na primeira rodada dos playoffs. Os sorocabanos vão enfrentar o sexto colocado, que pode ser o Paulistano/Unimed ou o próprio Itabom/Bauru.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.