Tamanho do texto

Se derrotar os dominicanos no próximo sábado, seleção masculina volta aos Jogos Olímpicos após 16 anos

Alex foi um dos destaques da seleção
AFP
Alex foi um dos destaques da seleção
A seleção brasileira masculina de basquete manteve o embalo conseguido após a vitória sobre a Argentina , na última quarta-feira, e derrotou Porto Rico por 94 a 72, nesta quinta, pelo Pré-Olímpico de Mar Del Plata.

Como no primeiro jogo do dia a Argentina vencera a República Dominicana por 84 a 58 , estão definidos os confrontos da semifinal da competição. O Brasil vai pegar a República Dominicana, enquanto a Argentina vai enfrentar Porto Rico. Os dois jogos ocorrem no próximo sábado.

Para o Brasil, o que interessa agora é vencer a República Dominicana, já que os dois finalistas do Pré-Olímpico garantem vaga nos Jogos de Londres 2012. Se derrotar os dominicanos, o basquete masculino brasileiro volta a uma Olimpíada pela primeira vez desde Atlanta 1996.

Não há motivos, porém, para comemorações antes da hora.

A República Dominicana foi o único adversário a superar o Brasil

em Mar Del Plata (79 a 74).

A anfitriã Argentina, por sua vez, terá pela frente na semifinal os porto-riquenhos. Na primeira fase, os argentinos ganharam por 81 a 74. Os finalistas do certame se garantem em Londres.

O jogo
Embalada pela épica vitória sobre a rival Argentina no dia anterior, a seleção brasileira voou no primeiro quarto. Forte na defesa e rápido nos contra-ataques, o Brasil encurralou os oponentes e fechou os primeiros dez minutos com uma vantagem de 14 pontos (29 a 15).

Na parcial seguinte, os comandados do técnico Rubén Magnano continuaram com o controle do jogo e, confiantes, chegaram até a tirar do sério os porto-riquenhos, como J. J. Barea, que joga no Dallas Mavericks da NBA. No final da primeira etapa, inclusive, os jogadores se estranharam em quadra.

Alex foi um dos destaques da seleção
AFP
Alex foi um dos destaques da seleção
Provocações à parte, a fase brasileira é tão positiva que grande parte dos arremessos caíram, até os da linha dos três. Sendo assim, o time verde-amarelo foi ao intervalo com uma 'gordurinha' de 17 pontos: 47 a 30.

Com dez tentos contabilizados, Marquinhos saiu como principal expoente nacional na parte inicial do confronto. O que começou como uma ótima atuação virou show no terceiro quarto. Perfeito em todos os fundamentos, o Brasil deu uma prova cabal que está totalmente pronto para voltar a disputar uma edição de Jogos Olímpicos. A diferença para a parcial derradeira foi de 28 pontos.

Na dianteira do marcador, o time brasileiro, com alguns reservas em quadra, tirou o pé no último período, jogou para o gasto e fechou o embate por 94 a 72.

Em 2009, em uma partida decidida apenas nos instantes finais, o Brasil bateu Porto Rico e conquistou o título da Copa América na casa dos rivais. Nesta quinta, porém, a vitória não valeu nada, mas aguçou ainda mais o brio dos tupiniquins rumo às Olimpíadas londrinas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.