Tamanho do texto

Kawhi Leonard, que foi o MVP das finais, desta vez marcou 22 pontos e não foi o cestinha do Toronto. Kyle Lowry e Pascal Siakam foi os que brilharam

Lance

Toronto Raptors fez 4 a 2 na série contra o Golden State Warriors e foi campeão da NBA
NBA Photo
Toronto Raptors fez 4 a 2 na série contra o Golden State Warriors e foi campeão da NBA

Pela primeira vez a NBA tem um campeão que não é dos Estados Unidos. Em jogo que terminou na madrugada desta sexta-feira, os canadenses do Toronto Raptors derrotaram os californianos do Golden State Warriors por 114 a 110, na casa do rival, em Oakland, fechando a série em 4 a 2.

Leia também: Assistir às finais da NBA na primeira fileira custa até R$ 370 mil; veja valores

Como nos jogos anteriores, o duelo entre Toronto Raptors e Warriors foi equilibrado. Porém, diferentemente dos cinco outros confrontos da final, os times se revezaram na frente do placar, com mais de 20 trocas de liderança e sem abrir grande vantagem (depois do segundo quarto nunca mais do que seis pontos). E, para variar, o final foi dramático, com o resultado em aberto até os segundos finais.

Warriors e as lesões

Buscando o quarto título em cinco anos, o Golden State Warriors entrou em quadra com a necessidade da vitória. E mais uma vez lamentou a lesão de um jogador importante num momento agudo da partida. Klay Thompson, disparado o melhor da equipe neste Jogo 6, após uma bandeja no fim do terceiro quarto, trombou com Danny Green e caiu de mau-jeito, lesionando o joelho.

Thompson retornou para cobrar a falta que sofreu no lance, mas voltou aos vestiários e não retornou ao jogo. Naquele momento, o resultado era de 85 a 80 para o Warriors (a maior vantagem da equipe).

Uma cesta determinante

No último quarto, com o placar apertado, o jogo seguiu com suas reviravoltas e diferenças de, no máximo, três pontos. Isso até Vanvleet acertar uma bola de três que colocou 106 a 101 para o Raptors, uma pequena diferença que foi determinante para os instantes finais.

Os 45 segundos finais

A temporada tinha de terminar de maneira espetacular e os últimos lances corroboraram com isso. Quando DeMarco Cousins fez para o Warriors uma bandeja que deixou a diferença em um ponto (109 a 108), o Toronto conseguiu a cesta com Pascal Siakam restando 26 segundos (111 a 108). Mas Curry. em lances livres restando 18 segundos, voltou a deixar o placar em diferença mínima (111 a 110).

Leia também: Tetracampeão da NBA e ídolo do Spurs, Tony Parker anuncia aposentadoria

E o Warriors teve a chance de ouro de vener o jogo e levar a decisão para o Jogo 7 quando, a nove segundos para o fim, um erro de Danny Green (péssimo em quadra e zerado para o Raptors) jogou uma bola fora e deu a oportunidade para o o time da casa virar num último ataque restando 5s. 

Infelizmente para o time de Oakland, Stephen Curry errou uma cesta fácil, confirmando que o seu momento não é dos melhores. Falta para o Raptors fechar o placar em 114 a 110 e começar uma festa canadense.

Toronto Raptors fez 4 a 2 na série contra o Golden State Warriors e foi campeão da NBA
NBA Photo
Toronto Raptors fez 4 a 2 na série contra o Golden State Warriors e foi campeão da NBA

Números do Warriors

Draymond Green saiu de quadra com um triplo duplo, 11 pontos, 13 assistências e 19 rebotes, sendo o jogador mais regular do Warriors nas finais. O cestinha, mesmo não jogando o ultimo quarto, foi Klay Thompson, com 30 pontos (quatro bolas de três). O astro Stephen Curry ficou abaixo de sua média, com 21 pontos. 

Leia também: De 'Jurassic Park' ao topo da NBA: Conheça a história do Toronto Raptors

Número do Raptors

Kawhi Leonard, que foi o MVP das finais, desta vez marcou 22 pontos e não foi o cestinha do Toronto. Esse status ficou com a dupla Kyle Lowry e Pascal Siakam. Ambos com 26 pontos e duplo-duplos (Siakam com 10 rebotes e Lowry com dez assistências).

Raptors 100% em Oakland

Uma curiosidade. Nesta final, dos seis jogos, apenas um delas teve vitória do time da casa: o Raptors no Jogo 1. E mais: o time de Toronto jogou quatro vezes na casa do Warriors:. Uma na temporada regular e três nas finais. O Toronto venceu todas.

Kawhi Leonard faz história

Toronto Raptors fez 4 a 2 na série contra o Golden State Warriors e foi campeão da NBA
NBA Photo
Toronto Raptors fez 4 a 2 na série contra o Golden State Warriors e foi campeão da NBA

MVP das finais quando defendeu o San Antonio Spurs, Kawhi Leonard foi o mais uma vez o MVP das finais 2018/19. Ele é apenas o segundo jogador a ser o melhor das finais por times diferentes. O outro é LeBron James.

Adeus Oracle

O jogo que definiu o título da NBA a favor do Toronto Raptors foi também o último realizado na Oracle Arena, casa do Golden State nos últimos 47 anos. Agora, a franquia mandará as suas partidas na Bay Arena. O fato nesta troca é que o estádio fica em San Francisco, separada de Oakland por uma ponte e historicamente uma cidade rival.

    Leia tudo sobre: NBA