Tamanho do texto

Assim como outros jogadores, ala-armador americano anunciou que não disputará os Jogos Olímpicos do Rio

James Harden anunciou que não jogará nas Olimpiadas
Reprodução/Instagram
James Harden anunciou que não jogará nas Olimpiadas


O último que sair apaga a luz. Depois de Russel Westbrook, Chris Paul e Stephen Curry, o ala-armador James Harden também anunciou que não disputará os Jogos Olímpicos do Rio pela seleção norte-americana de basquete. Assim, o Dream Team vai cada vez mais perdendo a cara de "time dos sonhos".

"Como resultado de várias conversas difíceis com a minha família o (Houston) Rockets e com conselheiros em quem confio, eu notifiquei (o diretor técnico) Jerry Colangelo e a USA Basketball (federação norte-americana) de que eu decidi não competir nos Jogos Olímpicos no Brasil. Essa decisão foi difícil e não a tomei de forma simples", disse o jogador, em comunicado.

O astro do Houston Rockets lembrou que foi campeão olímpico em Londres-2012 e capitão do time campeão mundial em 2014. "A seleção me trouxe alguns dos momentos e conquistas mais importantes da minha carreira. Eu fui extremamente abençoado por vestir vermelho, branco e azul e por competir no mais alto nível com os maiores jogadores representando o maior país do mundo. Eu sinceramente, espero que tenha a oportunidade de representar os EUA no futuro novamente", completou.

A ausência de Harden amplia a já grande lista de problemas para o técnico Mike Krzyzewski , o Coach K, especialmente na armação. Chris Paul (Los Angeles Clippers), Stephen Curry (Golden State Warriors) e Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder) já havia anunciado desistência de estar nos Jogos. John Wall , do Washington Wizards, está machucado e também não vem ao Rio.

Além disso, a saída de nomes importantes como Westbrook, Curry (ambos do time ideal da NBA na atual temporada) e o próprio Harden pode incentivar uma debandada ainda maior. LeBron James também não estaria interessado em jogar a Olimpíada, mas ele ainda não se pronunciou oficialmente.

Para a armação, o treinador ainda conta com Damian Lillard , do Portland Trail Blazers, escolhido como o quarto melhor armador da NBA na temporada, e com Kyrie Irving , do Cleveland Cavaliers. Uma opção menos provável é Mike Conley , do Memphis Grizzlies.

Outros dois desfalques para os EUA na Olimpíada são os ala-pivôs Blake Griffin (Los Angeles Clippers) e Anthony Davis (New Orleans Pelicans), ambos machucados.