Tamanho do texto

Sebatien Bellin, ex-jogador de basquete brasileiro que foi vítima nos ataques terroristas na Bélgica, está internado e falou pela primeira vez depois de se ferir em uma das explosões

Sebastien Bellin foi uma das vítimas dos ataques na Bélgica, mas sobreviveu
Reprodução
Sebastien Bellin foi uma das vítimas dos ataques na Bélgica, mas sobreviveu


A imagem do brasileiro Sebastien Bellin  deitado e sangrando após os ataques terroristas em Bruxelas se tornou viral em todo mundo. Ex-jogador de basquete com carreira toda construída no exterior, onde, inclusive, defendeu a seleção belga, o paulista de 37 anos de idade falou pela primeira vez com a imprensa sobre o medo de morrer com as explosões.

E MAIS

Ex-jogador de basquete brasileiro é ferido nos atentados terroristas na Bélgica

Imagem de Bellin após uma das explosões no aeroporto
AP/Estadão Conteúdo - 22.03.16
Imagem de Bellin após uma das explosões no aeroporto


"Eu apaguei por um instante. Eu estava tentando dizer a mim mesmo o que eu poderia fazer naquela hora. Lembro que depois da explosão vi duas crianças ao meu lado com as mãos para o ar", disse Bellin ao programa "Good Morning America". "Eu só percebi que estava bem e que iria sobreviver quando entrei na ambulância", completou.

Sebastien Bellin era jogador de basquete
Divulgação
Sebastien Bellin era jogador de basquete

Sebastien Bellin segue internado em um hospital da Béligica e espera pela sua rápida recuperação. "Eu estou aqui lutando dia após dia. Sempre penso na minha mulher e meus filhos. Eu só não queria que minhas meninas crescessem sem um pai. Algumas das coisas que passam por sua cabeça parecem triviais na vida, mas você começa a dar valor depois de momentos assim", finalizou.

CONFIRA

Jogador brasileiro na Bélgica revela tensão com ataques: "Bruxelas parou"

Bellin nasceu na cidade de São Paulo, tem dupla cidadania e, com 2,06m de altura, atuou como pivô em times universitários dos EUA antes de chegar a Bruxelas. Ele estava no aeroporto no momento do ataque.