Tamanho do texto

No Miami Heat desde 2010 e duas vezes campeão, jogador teve saúde afetada pela segunda vez no período de um ano

Chris Bosh deve voltar ainda nesta temporada
Mike Ehrmann/Getty Images
Chris Bosh deve voltar ainda nesta temporada

Chris Bosh já não tem mais coágulos de sangue na perna, e agora aguarda para ver se poderá voltar a jogar nesta temporada da NBA pelo Miami Heat. Foi o que revelou o ala/pivô em um comunicado divulgado nesta quinta-feira, em que confirmou não ter mais o problema e mostrou ter esperanças de ainda atuar no campeonato.

Bosh, porém, não falou em prazo para voltar a jogar e sua primeira declaração específica sobre sua saúde desde 13 de fevereiro, um dia depois de ser descartado do All-Star Game da NBA sob a alegação de que tinha uma distensão muscular na panturrilha esquerda.

E mais:  Com cesta do meio da quadra de Curry, Warriors vence mais uma em casa

"Sei que há muitas perguntas sobre minha saúde e sobre quando voltarei a jogar", disse Bosh. "Minha situação este ano não ameaçou a minha vida. Eu me sinto fabuloso e agora não tenho flebite".

O coágulo encontrado no mês passado não é tão grave como a situação que Bosh enfrentou em 2015, quando um coágulo de sangue passou da sua panturrilha para o pulmão e o deixou hospitalizado por vários dias.

"Juntamente com o Miami Heat, eu trabalho com os médicos para encontrar as melhores alternativas de tratamento preventivo e tomo todas as medidas necessárias para estar saudável para o meu bem, da minha família e da minha equipe", disse. "Estive me exercitando, treinando com a equipe, estudando vídeo das partidos, estudando jogadas, e fui a algumas partidas em nossa quadra, embora o público não tenha me visto".

O Heat acumula oito vitórias e três derrotas sem Bosh, desde o recesso do All-Star Game. O time de Miami contratou Joe Johnson no mês passado e passou a escalá-lo como titular, colocando Luol Deng na posição de Bosh.

Bosh assinou um contrato por cinco anos e US$ 118 milhões (aproximadamente R$ 433 milhões) com o Heat em 2014. Ele está no time de Miami desde 2010 e foi campeão duas vezes, nas temporadas 2011/2012 e 2012/2013.

    Leia tudo sobre: nba