Tamanho do texto

Envolvido em uma troca entre três clubes por, o pivô brasileiro mudou de equipe, mas já foi colocado na lista de dispensas

Anderson Varejão recebe mensagem de despedida no twitter oficial do Cleveland Cavaliers
Reprodução/Twitter
Anderson Varejão recebe mensagem de despedida no twitter oficial do Cleveland Cavaliers

Depois de 12 anos defendendo a equipe do Cleveland Cavaliers, chegando duas vezes a final da NBA, o pivô brasileiro e ídolo da equipe Anderson Varejão foi envolvido em uma troca entre três equipes com Portland Trial Blazers e Orlando Magic.

Leia também: Flamengo faz acordo com Ronaldinho e pagará R$ 17 milhões ao craque

Na transação, o Orlando receberá do Portland uma escolha da segunda rodada do próximo draft, enquanto os Blazers ficaram com Varejão e uma primeira escolha no draft. Já o Cleveland receberá o passe do veterano ala-pivô Channing Frye, que estava na equipe da Florida.

Com mais duas temporadas de contrato e um valor de R$ 25 milhões em salários, o jogador acabou considerado cara pela diretoria do novo clube e já foi colocado na lista de dispensas, recebendo uma janela de 48 horas para ser contratado por outra equipe. Caso não receba ofertas, o Portland será obrigado a pagar o valor integral do salário do pivô até o fim de seu contrato, e o brasileiro se tornará 'free agent', podendo assinar contrato com qualquer equipe da NBA, exceção feita ao Cleveland Cavaliers.

Leia mais: Sem mudanças aparentes, Williams apresenta novo carro

Companheiro de Anderson por oito temporada, o astro LeBron James lamentou a saída do jogador brasileiro, um dos seus melhores amigos na equipe de Ohio.

"Você perde um irmão, você perde um companheiro de equipe. É a pior parte disso", disse o camisa 23.

Em 12 anos de Cavaliers, Varejão disputou 597 partidas, sendo o sétimo jogador que mais vezes entrou em quadra pela equipe. Nos últimos anos o brasileiro sofreu com seguidas lesões, o que gerou desconfiança sobre seu rendimento. Na atual temporada, o pivô de 33 anos disputou 52 partidas, com média de 2,6 pontos e 2,9 rebotes. Sua última partida foi o confronto contra o Los Angeles Lakers no dia 10 de fevereiro.

    Leia tudo sobre: NBA