Tamanho do texto

Empresa fecha patrocínio de quatro anos com o basquete do clube para crescer em um estado estratégico para a companhia

Equipe do Minas Tênis Clube, com o novo patrocínio da Icatu para o próximo campeonato do NBB
Divulgação/NBB
Equipe do Minas Tênis Clube, com o novo patrocínio da Icatu para o próximo campeonato do NBB

“Minas Gerais é o nosso xodó do momento.” Desta maneira, Aura Rabelo, diretora de marketing da Icatu Seguros, define os próximos passos da seguradora no mercado mineiro. Com a instalação de uma filial no Estado, a empresa apostou no esporte para alavancar seus negócios. A estratégia foi se aproximar do tradicional Minas Tênis Clube, que é frequentado pela elite da sociedade. “Aqui é o coração de Minas”, exalta a executiva.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A parceria com o clube foi firmada com o patrocínio de quatro anos ao basquete, formando a equipe Icatu Minas, que disputará o campeonato do NBB (Novo Basquete Brasil), que tem suas partidas transmitidas pela Rede Globo. No entanto, não é só a exposição da marca que atrai o investimento no esporte. “Queremos aproveitar o espaço dos jogos para criar um elo de relacionamento com possíveis clientes. Queremos que eles vivenciem essa experiência e aumentem o contato com a marca. Além disso, vamos ofertar produtos em parceria com o clube aos seus sócios”, explica Aura.

Veja também: Ex-técnico da seleção brasileira de basquete melhora após infarto

A empresa, que anunciou recentemente o faturamento de R$ 1,2 bilhão no primeiro semestre, um aumento de 23% em relação ao mesmo período no ano passado, triplicou seu investimento em esporte na verba de marketing.

“Os números são secretos. O que posso dizer é que ao contrário de empresas que investem R$ 100 mil em um atleta e R$ 1 milhão em propaganda disso, nós colocamos todo o nosso dinheiro no atleta, e depois usamos a criatividade para expor na mídia”, ressalta. Por conta disso, a Icatu Seguros não investiu em publicidade estática no ginásio do Minas. “Vamos sair na revista mensal do Minas, nos painéis espalhados pelo clube e em eventos”, salienta Aura, que já levou dois atletas para uma campanha de relacionamento em Caeté, no interior de Minas Gerais.

Outra forma de retorno financeiro com o patrocínio está na aquisição dos direitos econômicos de atletas. A empresa negocia com o clube percentuais na negociação de jovens promessas. “Ainda não definimos quais serão. Vamos aguardar a avaliação técnica por parte do clube.”

Com o apoio ao basquete, a companhia intensifica sua participação no esporte em um período importante que antecede as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. O DNA esportivo, como a diretora define o perfil da Icatu, se mostra ativo nos patrocínios de hipismo, aos atletas de vela e aos jovens golfistas. Todos esportes de elite. “O basquete é diferente, imprevisível, dinâmico, mas cresceu muito com a organização e a campanha em Londres”, diz Aura.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.