Tamanho do texto

Seleção entrou com uma equipe reserva no torneio e viu a arquirrival vencer em casa

A noite de sexta-feira não foi boa para o basquete brasileiro e a seleção brasileira B teve que se contentar com o quarto lugar no Sul-americano. Os comandados do técnico Gustavo De Conti pecaram por um segundo tempo de partida com rendimento abaixo do esperado e perderam para o Uruguai por 80 a 68.

Leia mais sobre basquete no blog do Fábio Sormani

Os maior pontuador do embate foi Aguiar, do Uruguai, que saiu de quadra com 21 pontos, como o cestinha da partida. O uruguaio Garcia Morales e o brasileiro Vitor Benite também tiveram boa atuação e saíram com 18 pontos cada.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros internautas

Após uma primeira metade muito igual, as duas equipes foram para os vestiários empatadas em 35 a 35. Porém, a Seleção caiu demais de produção no terceiro quarto e acabou perdendo o período por 19 a 7, o que certamente foi o fator que pesou na hora do resultado negativo.

Ala-armador Vitor Benite em ação contra o Uruguai
Divulgação
Ala-armador Vitor Benite em ação contra o Uruguai

No período final, o Brasil até esboçou uma reação, chegou a anotar uma sequência de 14 a 5 nos primeiros minutos, diminuindo o prejuízo para 59 a 56, mas os uruguaios logo acordaram e colocaram 71 a 61 no marcador, tirando qualquer chance do Brasil. Nos instantes finais, foi só administrar, fechando o placar em 80 a 68.

LEIA TAMBÉM:  Após deixar Franca, Hélio Rubens acerta com o Uberlândia

Já na grande decisão da competição, a Argentina derrotou a Venezuela pelo placar de 79 a 56 e ficou com o título do Campeonato Sul-americano de basquete. O argentino Facundo Campazzo foi o cestinha da partida, com 15 pontos. Marco Daniel Mata e Leonardo Gutierrez também foram bem e contribuíram com 14 pontos cada um. Do lado da Venezuela, Hector Orlando Romero Rivas foi o cestinha da equipe, com 12 unidades.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.