Tamanho do texto

JP Mauro é acusado de homicídio culposo, falsificação de carteira de habilitação e porte de cocaína

O piloto João Paulo Escudero Mauro foi preso nos Estados Unidos após atropelar e matar um homem na cidade de Miami. JP Mauro, de 20 anos, é acusado pelos crimes de homicídio culposo, posse de cocaína e falsificação da carteira de habilitação.

Leia também: Lewis Hamilton será chamado para depor em processo contra Adrian Sutil

O acidente aconteceu na noite da última quinta-feira (19) e, de acordo com informações da imprensa americana, o brasileiro apresentava sinais de embriaguez e portava um pequeno pacote de cocaína. JP Mauro também estava acima da velocidade permitida da via e com a carteira de velocidade adulterada.

O piloto admitiu à polícia a ingestão de álcool, mas, de acordo com seu advogado, Howard Srebnick, JP Mauro não usou cocaína.

A Justiça determinou a fiança em R$ 455 mil. Se tal quantia for paga, o piloto será solto, mas terá de usar um rastreador. O passaporte foi detido, o que impede que ele saia dos EUA.

JP Mauro já participou de categorias como a Copa Montana, a Fórmula Renault e, em 2011, disputou três corridas na Grand-Am.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.