Tamanho do texto

A maior rivalidade da MogoGP fica ainda mais acirrada após o GP da Malásia na qual o italiano tirou o espanhol da pista com um toque em curva aberta. Veja como foi o polêmico incidente

Rossi toca em Márquez e tira o espanhol da pista na Malásia
Reprodução
Rossi toca em Márquez e tira o espanhol da pista na Malásia


Valentino Rossi e Marc Márquez estavam trocando alfinetadas durante todo o final de semana. Pois a maior rivalidade da MogoGP chegou ao limite neste domingo, quando um toque na pista com o italiano resultou na queda e abandono do espanhol durante o GP da Malásia. A vitória ficou com Dani Pedrosa, enquanto Rossi chegou em terceiro. 

Na luta pelo título da categoria com Jorge Lorenzo, seu companheiro de equipe, porém, Rossi fica em situação complicada. Ele foi considerado culpado pelo acidente pela direção de prova e recebeu três pontos por punição. Pior: por ser reincidente, vai ter de largar em último no GP de Valência. Lorenzo foi o segundo em Sepang.

De acordo com os organizadores, Rossi “deliberadamente abriu a trajetória na curva para forçar outro piloto para fora da linha, resultando em contato que causou a queda”. Até mesmo Lorenzo teria pedido sua punição ao entrar na sala de controle da prova. Na reunião, segundo Márquez, Rossi ainda o teria ofendido. "O que Valentino disse na direção de provas não foi muito bonito, e não vou repetir aqui. Perdeu o meu respeito e o de muita gente", disse.

Veja como Rossi abre sua curva:

O italiano admite tinha a intenção de fechar Márquez na pista, mas sem derrubá-lo. "Sobre o contato, eu não queria que ele caísse, queria que ele perdesse sua trajetória, pois ele me levou ao limite”, afirmou. "Queria que ele escapasse da pista e diminuísse a velocidade, pois ele estava jogando sujo, pior que na Austrália. Quando eu olhei para ele, fiquei pensando ‘o que está fazendo?’, e após isso nos tocamos. Eu não queria chutá-lo, até porque se você chutar uma moto não acontecerá nada, pois ela é muito pesada."

Veja como o italiano ainda olha para o rival:

Ainda por cima, disse que o espanhol teria provocado o acidente, reforçando que o espanhol faz de tudo para lhe atrapalhar na disputa pelo título, para favorecer Jorge Lorenzo, que guia pela mesma equpie de Rossi. “Não queria chegar a este ponto. Márquez hoje provou o que eu havia dito na coletiva de imprensa na quinta-feira. O campeonato ainda não terminou, mas essa punição me prejudicou muito", completou.

Do seu lado, Márquez afirma que foi empurrado pela perna de Rossi. "Ele empurrou meu ferio e meu braço", disse. "Isso não foi um acidente de corrida. Não foi um contato, não sei como se pode pensar em tirar outro piloto. Nunca havia visto nada parecido com isso. Sou muito jovem, mas estou muito decepcionado. Nunca me senti como hoje, nunca um piloto fez algo assim."

“Eu senti que poderia ser rápido e assumir a liderança. Então Valentino acabou me passando e estava indo em linha reta, e eu estava o observando. Foi quando ele fez algo com a perna e empurrou meu freio e meu braço”, explicou.