Tamanho do texto

Felipe Massa termina em quinto. Barrichello é 14º e Senna, após acidente, fica em 17º

Neste domingo (27), Mark Webber conquistou sua primeira vitória na temporada. O australiano ultrapassou seu companheiro de Red Bull, Sebastian Vettel, um pouco antes da metade da prova para vencer o Grande Prêmio do Brasil, última etapa do ano. O bicampeão ficou em segundo e Jenson Button completou o pódio, garantindo assim o vice-campeonato do Mundial de Pilotos .

Leia também: Piquet guia carro histórico e alfineta Corinthians em Interlagos

Fernando Alonso foi ultrapassado por Button no final e acabou em quarto. Felipe Massa, na sequência, foi o único brasileiro entre os dez primeiros.

Rubens Barrichello perdeu muitas posições na largada e terminou em 14º. Já Bruno Senna chocou-se com Schumacher ainda no início da corrida – além de ter sua asa danificada, o brasileiro precisou cumprir uma punição drive-through e ficou apenas em 17º. Lewis Hamilton teve problemas com seu câmbio e abandonou aprova.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Mark Webber faz a festa em sua única vitória no ano
Getty Images
Mark Webber faz a festa em sua única vitória no ano

Vettel dispara na liderança e Massa ganha posição na largada

O pole position Sebastian Vettel disparou na frente nos primeiros metros da corrida em Interlagos. Mark Webber, em segundo, e Button, em terceiro, também sustentaram suas posições. Alonso largou bem e ganhou a posição de Hamilton. Massa também foi destaque na largada: conseguiu superar Nico Rosberg e chegou a ameaçar Hamilton, mas ficou com a sexta colocação.

Surpresa do sábado, Bruno Senna se segurou no nono lugar, enquanto Rubens Barrichello saiu muito mal – perdeu oito posições antes da primeira curva. Michael Schumacher foi outro que ficou para trás na primeira volta, sendo ultrapassado por Paul di Resta, mas retomou o décimo lugar já no giro seguinte. A largada foi limpa, sem acidentes.

Senna e Schumacher se estranham e brasileiro é punido

Na 10ª volta, Michael Schumacher atacou Senna na disputa pela nona colocação. Os dois se tocaram, furando o pneu de Schumacher e danificando levemente a asa dianteira do brasileiro. Schumacher ainda conseguiu chegar aos boxes e voltou à pista na última colocação. Senna também fez seu pit stop poucas voltas depois, mas não trocou a asa. A batida rendeu uma punição drive-through ao brasileiro.

No giro seguinte, Fernando Alonso fez uma bela ultrapassagem sobre Button na curva do Laranjinha, para assumir o terceiro lugar – briga válida pelo vice-campeonato da temporada.

Button foi o primeiro dos líderes a ir para o pit stop, no 15º giro. Ele foi seguido por Alonso e Hamilton. Na volta dos boxes, os três se mantiveram na mesma sequência, com Alonso à frente das McLarens.

Webber ultrapassa Vettel. Glock perde pneu

Ainda na primeira metade da prova, a Virgin fez uma trapalhada nos boxes. O pneu esquerdo traseiro do carro de Timo Glock não foi bem fixado e, ainda na saída do pit stop, o pneu do alemão saiu voando, mas por sorte não atingiu ninguém. Glock foi o primeiro a abandonar a prova brasileira.

Perto da trigésima volta, ao passar sobre uma zebra, Senna perdeu o pedaço de sua asa dianteira que havia sido danificada no incidente com Schumacher. Com isso, o brasileiro estreou a segunda rodada de pit stops.

Webber se aproximou de Vettel, que, segundo dito em seu rádio, apresentava problemas no câmbio . O australiano conseguiu a manobra sobre o bicampeão na curva 1, sem nenhuma resistência de seu companheiro de equipe.

Hamilton tem problemas no câmbio. Webber vence primeira do ano

A ameaça de chuva voltou a rondar Interlagos , mas Red Bull, McLaren e Ferrari optaram por colocar pneus macios na segunda parada de seus pilotos. Antes de seu segundo pit stop, Massa ultrapassou Hamilton. Último a parar, o brasileiro voltou à frente do britânico da McLaren que, na sequência, abandonou a prova por problemas no câmbio, na 48ª volta.

Na reta final da prova, Webber manteve a ponta, seguido por Vettel e Alonso. Em quarto, Button se garantia na vice-liderança do campeonato. Mas, a 10 voltas do fim, o piloto da McLaren decidiu se arriscar e devolveu a manobra de Alonso do início da prova, recuperando o terceiro lugar e conquistando seu 12º pódio em 2011. Foi a primeira vitória de Webber no ano.

Confira o resultado final do Grande Prêmio do Brasil:

1 – Mark Webber (AUS) – Red Bull – 71 voltas
2 – Sebastian Vettel (ALE) – Red Bull – a 16s9
3 – Jenson Button (GBR) – McLaren – a 27s6
4 – Fernando Alonso (ESP) – Ferrari – a 35s
5 – Felipe Massa (BRA) – Ferrari – a 1min6s7
6 – Adrian Sutil (ALE) – Force India – a 1 volta
7 – Nico Rosberg (ALE) – Mercedes – a 1 volta
8 – Paul di Resta (GBR) – Force India – a 1 volta
9 – Kamui Kobayashi (JAP) – Sauber – a 1 volta
10 – Vitaly Petrov (RUS) – Lotus Renault – a 1 volta
11 – Jaime Alguersuari (ESP) – Toro Rosso – a 1 volta
12 – Sébastien Buemi (SUI) – Toro Rosso – a 1 volta
13 – Sergio Pérez (MEX) – Sauber – a 1 volta
14 – Rubens Barrichello (BRA) – Williams – a 1 volta
15 – Michael Schumacher (ALE) – Mercedes – a 1 volta
16 – Heikki Kovalainen (FIN) – Team Lotus – a 2 voltas
17 – Bruno Senna (BRA) – Lotus Renault – a 2 voltas
18 – Jarno Trulli (ITA) – Team Lotus – a 2 voltas
19 – Jérôme D’Ambrosio (BEL) – Virgin – a 3 voltas
20 – Daniel Ricciardo (AUS) – Hispania – a 3 voltas
21 – Vitantonio Liuzzi (ITA) – Hispania – Abandonou
22 – Lewis Hamilton (GBR) – McLaren – Abandonou
23 – Pastor Maldonado (VEM) – Williams – Abandonou
24 – Timo Glock (ALE) – Virgin – Abandonou

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.