Tamanho do texto

Piloto russo diz que a equipe precisa encontrar soluções com urgência para melhorar ritmo do carro

O piloto russo Vitaly Petrov reclamou do desempenho de seu R31 nas últimas corridas e pressionou sua equipe por uma solução.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Após bom começo no campeonato, somando 30 pontos nas duas primeiras provas, a Lotus Renault caiu de produção. Conquistando apenas 35 pontos nas ultimas sete corridas, a equipe perdeu a quarta colocação no Mundial de Construtores para a Mercedes. Petrov está em nono no campeonato e não pontua há dois GPs.

“O carro não tem alcançado o desempenho que sabemos que pode ter e esteve fora do ritmo em algumas corridas, então precisamos arrumar isso rápido, para mudar nossa temporada”, afirmou o piloto.

Para o fim de semana do Grande Prêmio da Alemanha , o russo espera poder usar as atualizações da equipe para voltar ao top 10 no treino classificatório.

"A velocidade com que introduzimos nossas atualizações é um fator crítico para nosso sucesso e estou convencido de que, tendo esses avanços prontos para a Alemanha, teremos mais chances”, explicou Petrov. “É muito importante conseguir ir para o Q3 no classificatório para que possamos pontuar mais na tarde de domingo”, completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.