Tamanho do texto

Francês da Red Bull liderou os três dias. Luiz Razia, único brasileiro nas atividades, fez o melhor tempo da Team Lotus

Entre terça (15) e quinta-feira (17) desta semana, novatos da Fórmula 1 tiveram oportunidade de mostrar serviço nos testes para jovens pilotos , que nesta temporada aconteceram em Abu Dhabi. Entre prodígios e “compradores” de vagas , alguns nomes de destacaram nos treinamentos e já sonham com uma vaga na categoria em 2012.

Veja também: Equipes aproveitam os testes para jovens e testam novos escapamentos

Guiando pela Red Bull, Jean-Éric Vergne foi o destaque dos testes para jovens
Getty Images
Guiando pela Red Bull, Jean-Éric Vergne foi o destaque dos testes para jovens


O principal deles foi Jean-Éric Vergne. Guiando pela Red Bull, o francês foi o mais rápido durante os três dias de testes no Circuito de Yas Marina . Seu melhor tempo (1min38s917) foi apenas meio segundo mais lento que a marca da pole position de Sebastian Vettel no circuito este ano. O piloto é um dos poucos que participaram das sessões com alguma experiência prévia de F1: nesta temporada, ele já fez dois treinos livres pela Toro Rosso e fará o terceiro no Brasil.

Após apresentar bom desempenho em Abu Dhabi, Vergne já sonha em ser efetivado e virar titular da equipe italiana, que é usada pela Red Bull como uma espécie de escola na Fórmula 1 . Ao lado de Daniel Ricciardo, o francês ameaça a continuidade de Jaime Alguersuari e, principalmente, de Sébastien Buemi, os atuais titulares da escuderia.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Jules Bianchi, por sua vez, foi o único representante da Ferrari em Abu Dhabi e também apresentou bom desempenho: foi o segundo mais rápido nos dois primeiros dias e o terceiro no último. O francês, que já havia sido avaliado pela Ferrari nesta temporada, em treino junto com Sergio Pérez , sonha com uma vaga na escuderia para 2013, já que o contrato de Felipe Massa com a equipe termina no fim da próxima temporada.

Sam Bird, da Mercedes, foi o único capaz de tomar a vice-liderança de Bianchi. O britânico não começou bem os testes: ficou em nono no primeiro dia e em sétimo no segundo. Mas, em sua despedida, terminou na segunda colocação e mostrou que pode ser rápido.

Luiz Razia foi o mais rápido entre os pilotos que testaram pela Team Lotus em Abu Dhabi
Divulgação
Luiz Razia foi o mais rápido entre os pilotos que testaram pela Team Lotus em Abu Dhabi
O brasileiro Luiz Razia também mostrou capacidade . No segundo dia de treinos, ele cravou 1min43s944 e foi o mais rápido dos três pilotos que guiaram pela Team Lotus no evento – Rodolfo González fez 1min44s022 e Alexander Rossi, 1min44s283. Com isso, Razia – atual reserva da equipe e candidato a uma vaga para 2012 – espera ganhar mais espaço na escuderia. Vale lembrar que ele participará do primeiro treino livre no Brasil.

A Virgin também teve uma espécie de disputa interna, já que a vaga de Jérôme D’Ambrosio está em aberto para a próxima temporada. Charles Pic, favorito a herdá-la , teve 1min46s348 como melhor tempo e foi superado por Robert Wickens, atual reserva da escuderia, que cravou 1min45s934. O britânico Adrian Quaife-Hobbs também testou em Abu Dhabi, obtendo 1min47s292 como melhor tempo.

McLaren se destaca negativamente

Entre as equipes de ponta, a McLaren foi a que apresentou desempenho mais decepcionante em Abu Dhabi. A equipe conseguiu ficar entre as três primeiras somente no segundo dia, quando Gary Paffett foi superado apenas por Vergne e Bianchi.

A escolha de Paffett, aliás, foi bastante controversa, já que o piloto tem 30 anos e dificilmente terá uma chance na escuderia algum dia. Ele teve o mesmo tempo de pista de Oliver Turvey, que é seis anos mais jovem.