Tamanho do texto

Brasileiro diz que escuderia vai precisar trabalhar muito para ir bem na penúltima etapa da temporada

Bruno Senna afirmou após a sexta-feira (11) de treinos livres em Abu Dhabi que teme o rendimento da Lotus Renault no fim de semana da penúltima etapa da temporada. O brasileiro cedeu espaço na primeira sessão para Romain Grosjean, reserva da escuderia, mas disse que sua segunda etapa, na qual ficou em 15º, foi suficiente para dar muitas voltas e compreender que a equipe precisará trabalhar muito por um bom ritmo em Yas Marina .

Veja também: Batidas leves marcam sexta-feira da F1 em Abu Dhabi. Veja fotos

“Embora só tenha feito uma sessão, foi suficiente para dar um monte de voltas. Sinto que nossos temores de falta de ritmo podem ser confirmados no momento”, afirmou Senna. “Precisamos trabalhar muito para melhorar amanhã e ver onde podemos fazer ajustes”, completou.

Senna crê que o fim de semana não será fácil para a Renault, a começar pelo classificatório. “Vai ser muito difícil para nós. Precisamos trabalhar duro amanhã e ver o que podemos fazer para melhorar”, finalizou. O classificatório será realizado neste sábado (12) e a corrida no domingo (13), ambos às 11h (Brasília).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.