Tamanho do texto

Alemão lamenta ponto único conquistado após ter largado em terceiro

Após um belo desempenho nos treinos classificatórios , Michael Schumacher, da Mercedes, mostrou decepção por terminar o GP da Malásia somente com um ponto neste domingo (25). O alemão largou em terceiro, atrás das McLarens de Lewis Hamilton e Jenson Button, mas chegou apenas na 10ª posição.

Leia também: Chefe da Ferrari promete proteger Massa após início ruim

"Pensando em como larguei, é uma pena só ficar com um ponto no final do dia, é claro que eu teria preferido uma chegada melhor para nossa equipe", disse o heptacampeão mundial.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

No início da prova, Schumacher foi tocado por Romain Grosjean, da Lotus, e não conseguiu voltar ao topo da classificação. "Depois do reinício, o ritmo não ficou assim tão diferente, mas foi o mesmo para várias equipes, então não havia como ganhar posições", afirmou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Nico Rosberg, companheiro de Schumacher, também lamentou o ritmo da Mercedes durante a corrida. "Estamos fortes na classificação mas ainda não na corrida, temos que trabalhar nisso antes da próxima prova na China". Rosberg largou em sétimo e terminou a prova apenas na 13ª colocação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.