Tamanho do texto

Conheça todas as equipes e pilotos que vão competir na Fórmula 1 este ano

Ao contrário de 2011, ano em que a Red Bull dominou a categoria e não deu chances para Ferrari e McLaren, a temporada da Fórmula 1 que começa no próximo fim de semana, na Austrália, tem tudo para ser mais equilibrada e contar com disputas mais acirradas pelas primeiras colocações.


Leia também:
Apesar de carro inferior, Massa diz que vai brigar pelo pódio

Depois dos testes de pré-temporada, a McLaren mostrou que está cada vez mais perto de bater a ainda favorita Red Bull. A Ferrari, por sua vez, foi mal nos treinos de inverno, mas promete evolução ao longo do ano. Lotus e Mercedes aparecem como possíveis surpresas, e Kimi Raikkonen e Michael Schumacher são atrações à parte.

O Grande Prêmio da Austrália acontece neste domingo (18), às 3h (horário de Brasília). Já nesta quinta-feira (15) começam os treinos livres, o primeiro será realizado às 22h30. O classificatório acontece no sábado, às 3h. A seguir, conheça as equipes e os pilotos que participarão do campeonato.

Red Bull

Posição em 2011: 1º (650 pontos)
Pilotos: Sebastian Vettel (alemão, 24 anos, campeão em 2011) e Mark Webber (australiano, 35 anos, terceiro colocado em 2011)

Sebastian Vettel com a nova Red Bull. Mark Webber é seu companheiro de equipe
Getty Images
Sebastian Vettel com a nova Red Bull. Mark Webber é seu companheiro de equipe

Atual campeã de Construtores e Pilotos, a Red Bull inicia a temporada 2012 como a equipe a ser batida. Mantendo a dupla de 2011, com Sebastian Vettel, o atual bicampeão da categoria, e Mark Webber, a escuderia pretende seguir à frente das concorrentes e manter seu reinado na F1. Segundo Christian Horner, chefe da equipe, para a temporada 2012, a Red Bull vem mais forte do que nunca . Vettel parte para o tricampeonato e Webber busca uma sobrevida na categoria. “Temos uma temporada sensacional pela frente”, disse o pressionado Webber, que inicia o ano correndo em casa.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

McLaren

Posição em 2011: 2º (497 pontos)
Pilotos: Jenson Button (inglês, 32 anos, vice-campeão em 2011) e Lewis Hamilton (inglês, 27 anos, quinto colocado em 2011)

Hamilton e Button apresentam novo carro da McLaren
AP
Hamilton e Button apresentam novo carro da McLaren

A equipe inglesa que, ao contrário da maioria das equipes, não optou pelo esquisito degrau no bico, busca fazer frente à favorita Red Bull com Lewis Hamilton e Jenson Button. Esperando apagar a fraca temporada passada, quando terminou em quinto, Hamilton se mostrou confiante e crê que o novo MP4-27 pode incomodar a Red Bull. “Acho que o carro está forte. Mais forte do que era no ano passado a esta altura”, concluiu o britânico. Button, vice-campeão de 2011, tido pela Red Bull como a grande ameaça em 2012 , vive ótimo momento na carreira e pode rivalizar com Vettel. A confiança dentro da equipe é tanta que Martin Whitmarsh, chefe da equipe, acredita que não haverá uma única equipe dominante na Fórmula 1 este ano. “A sensação é de que estamos competitivos”, disse Whitmarsh. “Com uma equipe forte e dois pilotos rápidos, competitivos e famintos por vitórias, esperamos vencer corridas neste ano. E, se pudermos ganhar o suficiente, espero que isso nos leve ao título”, disse o dirigente.

Ferrari

Posição em 2011: 3º (375 pontos)
Pilotos: Fernando Alonso (espanhol, 30 anos, quarto colocado em 2011) e Felipe Massa (brasileiro, 30 anos, sexto colocado em 2011)

Felipe Massa e Fernando Alonso junto ao novo carro da Ferrari
Reprodução
Felipe Massa e Fernando Alonso junto ao novo carro da Ferrari

Abaixo de Red Bull e McLaren, a Ferrari briga para se livrar dos péssimos resultados da última temporada. Com Fernando Alonso ainda fazendo a diferença e com o criticado Felipe Massa, a escuderia italiana espera deixar para trás os erros cometidos em 2011 e lutar pelo título – o que parece distante, ao menos no início da temporada. "Não estou contente com o carro, porque não alcançamos o objetivo estipulado. Não estou contente com a forma como nasceu o carro, mas o Mundial é bastante longo", disse Stefano Domenicali, chefe da equipe. Porém, nem o desempenho abaixo do esperado apresentado nos testes de pré-temporada tira a preocupação dos rivais, que não descartam a escuderia italiana da briga pelo título . “Ainda falta trabalho. Vejo que na primeira corrida vamos sofrer um pouco, pois não estamos 100%. Mas a temporada é longa e espero que possamos nos sair bem”, comentou o bicampeão Alonso.

Mercedes

Posição em 2011: 4º (165 pontos)
Pilotos: Michael Schumacher (alemão, 43 anos, oitavo colocado em 2011) e Nico Rosberg (alemão, 26 anos, sétimo colocado em 2011)

Michael Schumacher e Nico Rosberg revelam novo carro da Mercedes
AP
Michael Schumacher e Nico Rosberg revelam novo carro da Mercedes


Com Michael Schumacher e Nico Rosberg, a Mercedes busca melhorar ainda mais em relação ao último ano, quando foi quarta colocada no Mundial de Construtores. A grande meta da equipe comandada por Ross Brawn é conquistar vitórias . “Nossos objetivos são muito maiores do que nos dois últimos anos”, disse Brawn. Christian Horner, chefe da rival Red Bull, assim como Brawn, acredita na evolução da equipe alemã. “A Mercedes parece que teve um progresso em relação ao ano passado”. Na visão de Michael Schumacher, porém, os bons resultados podem demorar um pouco mais para acontecer. "Vitória é improvável para mim este ano”, assumiu o heptacampeão.

Lotus

Posição em 2011: 5º (73 pontos – ainda como Lotus Renault)
Pilotos: Kimi Raikkonen (finlandês, 32 anos, não correu em 2011) e Romain Grosjean (francês, 25 anos, não correu em 2011)

Jérôme D'Ambrosio, Romain Grosjean, Éric Boullier e Kimi Raikkonen (da esquerda para a direita)em lançamento do novo carro da Lotus
Reprodução
Jérôme D'Ambrosio, Romain Grosjean, Éric Boullier e Kimi Raikkonen (da esquerda para a direita)em lançamento do novo carro da Lotus


A Lotus, ex-Renault, chega à temporada 2012 com uma nova dupla de pilotos. Trouxe de volta à categoria o campeão de 2007, o finlandês Kimi Raikkonen, e o francês Romain Grosjean. O carro, o E20, que surpreendeu e conquistou bons resultados nos testes de pré-temporada, deixou Raikkonen satisfeito e esperançoso para o início do campeonato . “Os testes mostraram que o E20 tem tração, força na entrada de curvas e estabilidade nas freadas. Estamos em um bom lugar”, disse. Apesar de enfrentar problemas técnicos, a escuderia conquistou o melhor tempo geral no final dos testes de inverno, com Raikkonen. Grosjean não ficou atrás e foi o mais rápido durante dois dias de testes em Barcelona.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Force India

Posição em 2011: 6º (69 pontos)
Pilotos: Paul Di Resta (escocês, 25 anos, 13º colocado em 2011) e Nico Hulkenberg (alemão, 24 anos, não correu em 2011)

Jules Bianchi, Nico Hulkenberg e Paul di Resta no lançamento do novo carro da Force India
Divulgação
Jules Bianchi, Nico Hulkenberg e Paul di Resta no lançamento do novo carro da Force India


Uma das surpresas em 2011, a Force India pretende continuar mostrando evolução. A equipe, que vai para sua quinta temporada, aposta nos j ovens e promissores Paul Di Resta e Nico Hulkenberg para brigar por melhores colocações no pelotão intermediário. Para 2012, o chefe da escuderia, Vijay Mallya, projetou como objetivo terminar o Mundial de Construtores da Fórmula 1 na quinta colocação, melhorando o desempenho do ano passado, quando finalizou em sexto. "É uma meta ousada para um time pequeno como nós, mas tenho muita confiança na equipe", afirmou Andrew Green, diretor-técnico da escuderia.

Sauber

Posição em 2011: 7º (44 pontos)
Pilotos: Kamui Kobayashi (japonês, 25 anos, 12º colocado em 2011) e Sergio Pérez (mexicano, 22 anos, 16º colocado em 2011)

Kamui Kobayashi e Sergio Pérez com o novo carro da Sauber
Reprodução
Kamui Kobayashi e Sergio Pérez com o novo carro da Sauber


Em 2011, a equipe terminou o Campeonato Mundial de Construtores na sétima colocação e teve como melhor resultado uma quinta colocação no GP de Mônaco, com o japonês Kamui Kobayashi. Para 2012, a equipe manteve Kobayashi e o mexicano Sergio Pérez, e quer brigar por melhores colocações. O C31 andou bem em Barcelona , durante os testes de inverno. Kobayashi mostrou-se confiante de que a continuidade na Sauber possa fazer a diferença para ele no novo ano: “2012 não vai ser somente meu terceiro ano na Fórmula 1, mas também o terceiro com a mesma equipe”, ressaltou.

Toro Rosso

Posição em 2011: 8º (41 pontos)
Pilotos: Daniel Ricciardo (australiano, 22 anos, 27º colocado em 2011, pela Hispania) e Jean-Éric Vergne (francês, 21 anos, não correu em 2011)

Daniel Ricciardo e Jean-Éric Vergne com o novo carro da Toro Rosso
AP
Daniel Ricciardo e Jean-Éric Vergne com o novo carro da Toro Rosso


A antiga dupla de pilotos da equipe formada por Jaime Alguersuari e Sébastian Buemi foi substituída pelos promissores Daniel Ricciardo, que correu metade da temporada passada pela Hispania, e Jean-Éric Vergne, novato na categoria. Os pilotos, que sonham com uma futura promoção para a Red Bull, terão que conviver com a pressão de precisar mostrar resultados logo nas primeiras corridas, caso queiram correr na atual bicampeã do mundo. "Sinto que há uma pressão por resultados, mas não é da Red Bull, é minha mesmo”, comentou Ricciardo. Vergne aposta que a equipe estará forte no bloco intermediário do grid. "Acho que Jerez mostrou que temos uma boa base e almejamos ser um dos times intermediários mais fortes. Estamos bem", afirmou o francês.

Williams

Posição em 2011: 9º (5 pontos)
Pilotos: Pastor Maldonado (venezuelano, 27 anos, 19º colocado em 2011) e Bruno Senna (brasileiro, 28 anos, 18º colocado em 2011, pela Lotus)
_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597695124611 &_c_=MiGComponente_C

Quinze anos após seu ultimo título mundial, a Williams vive um momento crucial em sua vitoriosa história. Em 2011, a escuderia de Grove teve sua pior temporada na F1 e, em 2012, passa por uma formulação técnica para tentar voltar aos seus melhores dias. O time substituiu Rubens Barrichello por Bruno Senna e manteve o venezuelano Pastor Maldonado. Os resultados dos testes de pré-temporada alegraram Senna, que considera o carro confiável. “Conseguimos fazer muita quilometragem e o carro é dócil de pilotar no limite. Acredito que vamos poder achar mais velocidade no carro com os upgrades que vão sendo trazidos”, disse Senna.

Caterham

Posição em 2011: 10º (0 pontos – ainda como Team Lotus)
Pilotos: Heikki Kovalainen (finlandês, 30 anos, 22º colocado em 2011) e Vitaly Petrov (russo, 27 anos, 10º colocado em 2011, pela Lotus)
_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597695125260 &_c_=MiGComponente_C

Em 2011, a Caterham, antiga Team Lotus, não teve uma temporada muito animadora. Terminou em 10º lugar e não pontuou em nenhuma das 19 provas. Para 2012, a equipe, que manteve o finlandês Heikki Kovalainen, mas substituiu Jarno Trulli pelo russo Vitaly Petrov , quer se firmar no bloco intermediário. “Terminamos em décimo nos últimos dois anos, o que foi a nossa meta, mas agora eu acho que é hora de avançarmos novamente. Vamos ver o que acontece quando estivermos na pista", afirmou Mike Gascoyne, diretor técnico da equipe.

Hispania
Posição em 2011: 11º (0 pontos)
Pilotos: Pedro De la Rosa (espanhol, 41 anos, fez apenas uma corrida pela Sauber em 2011) e Narain Karthikeyan (indiano, 35 anos, 26º colocado em 2011)
_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597695125299 &_c_=MiGComponente_C

A Hispania teve problemas durante os testes de inverno e mal conseguiu andar com o carro de 2012. A fraqueza do time é tanta que nem seus pilotos escondem a fragilidade do carro. "Não temos medo de admitir que somos os piores. Porém, temos de ter a ambição de não ficarmos para trás. Nosso objetivo é terminar as corridas, deixarmos de ser os últimos e crescer, tentando diminuir a distância para o pole position", afirmou o espanhol Pedro De la Rosa, que faz dupla com o indiano Narain Karthikeyan.

Marussia

Posição em 2011: 12º (0 pontos – ainda como Virgin)
Pilotos: Timo Glock (alemão, 29 anos, 25º colocado em 2011) e Charles Pic (francês, 22 anos, não correu em 2011)
_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597695125539 &_c_=MiGComponente_C

A antiga Virgin chega à Austrália sendo uma interrogação para os próprios pilotos. “Melbourne será uma viagem ao desconhecido, mas não temos nada a perder”, confessou o alemão Timo Glock , um dos pilotos da Marussia. A equipe passou por dificuldades para ter seu carro aprovado nos testes de colisão da FIA e deve brigar lado a lado com a Hispania para saber quem é a pior equipe do campeonato. A equipe não seguiu a maioria das equipes e terá seu carro sem degrau no bico. A novidade é a chegada de um jovem e promissor piloto, o francês Charles Pic.

Confira o calendário com todas as provas da temporada:
GP da Austrália
18/03 - 03:00

GP da Malásia
25/03 - 05:00

GP da China
15/04 – 04:00

GP do Bahrein
22/04 - 09:00

GP da Espanha
13/05 - 09:00

GP de Mônaco
27/05 - 09:00

GP do Canadá
10/06 - 15:00

GP da Europa
24/06 - 09:00

GP da Inglaterra
08/07 - 09:00

GP da Alemanha
22/07 - 09:00

GP da Hungria
29/07 - 09:00

GP da Bélgica
02/09 - 09:00

GP da Itália
09/09 - 09:00

GP de Cingapura
23/09 - 09:00

GP do Japão
07/10 - 03:00

GP da Coreia do Sul
14/10 - 03:00

GP da Índia
28/10 - 07:30

GP de Abu Dhabi
04/11 - 11:00

GP dos Estados Unidos
18/11 - 17:00

GP do Brasil
25/11 - 14:00

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.