Tamanho do texto

Buscando rápida readaptação, finlandês guia novamente carro da Renault de 2010

O piloto Kimi Raikkonen faz um segundo dia mais intenso de testes em seu retorno à Fórmula 1 com a Lotus nesta terça-feira (24), em Valência.

Leia também:  Raikkonen impressiona Lotus no primeiro treino em Valência

No treino realizado na segunda-feira (23) , o finlandês completou pouco mais de 300 quilômetros no carro Renault R30, da temporada de 2010, utilizando três jogos dos pneus de demonstração da Pirelli. Para o segundo dia, Raikkonen tem à disposição quatro conjuntos de pneus  e completa mais voltas do que o primeiro dia de testes.

"Nos testes de hoje, estamos fazendo alguns trechos com muito e com pouco combustível. O objetivo do dia é continuar a dar velocidade para Kimi, antes de ele guiar o novo carro", disse o diretor de operações da Lotus, Alan Permane.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A Lotus trabalha em torno das necessidades de Raikkonen, para que ele esteja preparado para o primeiro teste da pré-temporada em Jerez de La Frontera, que começa no dia 7 de fevereiro. Como o finlandês deixou a F1 antes da proibição do reabastecimento, é fundamental que ele adquira experiência na variação de combustível.


"Este não é um teste tradicional. Se trata mais de fazer aquilo que ele precisa para readaptá-lo. O teste é feito para ele. Fizemos algumas mudanças no acerto e andamos com o carro carregado de muito combustível. Isso lhe deu a sensação de um carro com 150 kg só em combustível, sendo cinco segundos a diferença por volta.", disse Permane.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.