Tamanho do texto

Piloto estreante em 2011 já tem contrato renovado com a Sauber para a próxima temporada

O mexicano Sergio Pérez fez em 2011 sua estreia na Fórmula 1 e surpreendeu. Ao lado do japonês Kamui Kobayashi, tem mostrado na Sauber um estilo de pilotagem bastante agressivo e promissor, o que culminou na renovação da equipe suiça com os dois pilotos. Para a próxima temporada, no entanto, o novato espera ainda mais de si mesmo.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Penso em estar muito mais forte. Não só dentro, mas fora das pistas. Quando você vem para a Fórmula 1, percebe que é um mundo diferente e, como um piloto jovem, acho que leva um tempo para uma adaptação a esse mundo", explicou Pérez ao site da revista inglesa Autosport .

"Acredito que o ano que vem será muito mais normal para mim e uma temporada muito melhor. E esse é meu objetivo: ter um segundo ano muito superior", acrescentou o mexicano, que também fez questão de ressaltar que o contrato já renovado com a Sauber o ajudará a focar em seu trabalho no restante do calendário.

"Com certeza, sempre ajuda saber mais cedo o que você estará fazendo no ano que vem. Como piloto, você quer encontrar o melhor futuro para a sua carreira e acho que é uma boa ideia continuar na Sauber", comentou.

Ele ainda falou sobre o acidente durante os treinos do GP de Mônaco , em maio. Na ocasião, Pérez perdeu o controle de seu carro e bateu em cheio na proteção. Apesar de não ter sofrido ferimentos graves - além de uma concussão e um machucado na coxa, ficou fora de duas provas.

"Infelizmente, meu acidente não ajudou, porque eu perdi o meu momento. É muito difícil, não é fácil mesmo. Foi uma pena porque foi um grande acidente, eu poderia ter encerrado minha carreira prematuramente. Perdi alguns pontos e um pouco de ritmo, mas então voltei para o carro em Valência e estava tudo bem", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.