Tamanho do texto

Após inspeção, delegado da entidade afirmou que todas as equipes estão respeitando o regulamento

Os novos escapamentos dos carros da Fórmula 1 foram aprovados pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA). O delegado da entidade, Charlie Whiting, fez uma vistoria na tarde de quarta-feira (8), durante o segundo dia de testes de pré-temporada , em Jerez, e afirmou que todas as equipes estão respeitando o novo regulamento .

Leia também: Com Mercedes de 2011, Rosberg lidera terceiro dia de testes

Após muita polêmica em 2011, os difusores aquecidos foram proibidos para esta temporada e foram impostas restrições ao posicionamento das saídas do escapamento. Depois de inspecionar as escuderias, Whiting declarou que todos os escapamentos estão de acordo com as novas regras. “No momento, todos são legais”, disse em entrevista à revista alemã Auto Motor und Sport .

Para o diretor técnico da Red Bull, Adrian Newey, é improvável que apareça alguma ideia brilhante neste ano para driblar o novo regulamento e manter um benefício aerodinâmico.

Siga o iG Automobilismo no Twittter

"Não vimos grande diferenças entre todas as soluções possíveis. As regras são muito específicas e muito restritivas”, explicou Newey.

Essa pode ser uma boa notícia para os rivais da favorita Red Bull, ainda mais com a FIA tendo restringido também o uso das asas dianteiras flexíveis, área em que a Red Bull tinha um desenvolvimento avançado.

"Essa mudança no regulamento veio muito tarde”, reclamou o projetista. “O resultado é que a asa ganhou muito peso, tornando difícil alcançar a distribuição de peso ideal”, acrescentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.