Tamanho do texto

Na comparação com ele mesmo, brasileiro não repete bom desempenho que havia conquistado pela Ferrari antes do acidente em 2009

Felipe Massa não vence uma corrida na Fórmula 1 desde dois de novembro de 2008 – no Grande Prêmio do Brasil, último daquela temporada. No dia anterior, o ferrarista havia conquistado também sua última pole position na categoria.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

De lá para cá, o brasileiro viveu o momento mais delicado de sua carreira. No dia 25 de julho de 2009, durante treino classificatório para o Grande Prêmio da Hungria, uma mola se soltou do carro de Rubens Barrichello e atingiu a cabeça de Massa. O piloto ficou fora do restante da temporada.

Desde então, o brasileiro nunca mais conseguiu vencer uma corrida ou conquistar uma pole position. Ao todo, depois do acidente, foram 25 corridas e apenas cinco pódios – duas vezes em segundo e três em terceiro lugar.

Para se ter uma ideia do desempenho abaixo do esperado, Massa acumulou 168 pontos na soma das provas disputadas entre 2010 e 2011. No mesmo período, seu companheiro de Ferrari, Fernando Alonso, marcou 321 - foram 5 vitórias, 2 poles e 12 pódios para o espanhol nas mesmas 25 corridas. Antes do incidente no Hungaroring, Massa havia disputado 62 corridas pela Ferrari, vencido 11 e conquistado 15 poles (veja tabela) .

Sai ou fica?

Os maus resultados de Massa em 2010 e 2011 colocam em xeque sua permanência na Ferrari para as próximas temporadas. Apesar de ter contrato com a escuderia italiana até dezembro de 2012, rumores dão conta de uma possível saída do brasileiro já ao final deste ano.

A equipe nega. Em maio, o presidente da escuderia, Luca di Montezemolo, garantiu que o piloto cumpriria todo seu contrato . “Ele tem vínculo conosco até o fim de 2012. Definitivamente ele ficará até lá, não há dúvidas com relação a isso”, afirmou o dirigente.

Dias depois da declaração de Montezemolo, a Ferrari renovou o contrato de Alonso até 2016 de forma inesperada. A renovação do espanhol gerou novos boatos com relação à continuidade de Massa na equipe. No dia seguinte ao anúncio, o brasileiro veio a público dizer que “ainda não era o momento certo para pensar na renovação”.

Veja o desempenho de Massa desde que chegou à Ferrari, em 2006.

Antes do acidente

2006 – 2 vitórias, 3 poles e 7 pódios

2007 – 3 vitórias, 6 poles e 10 pódios

2008 – 6 vitórias, 6 poles e 10 pódios

2009 – 0 vitórias, 0 poles e 1 pódio*

Depois do Acidente

2010 – 0 vitórias, 0 poles e 5 pódios

2011 – 0 vitórias, 0 poles e 0 pódios

* Em apenas 9 corridas no ano

Relembre como foi o acidente

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.