Tamanho do texto

Chefe da equipe já pretende pensar na dupla de pilotos para 2012. Agente crê que polonês voltará a tempo

Eric Boullier, chefe de equipe da Lotus Renault, estabeleceu um prazo para Robert Kubica mostrar se poderá ou não voltar à Fórmula 1 em 2012. O dirigente afirmou que precisa de uma definição até o fim de outubro, já que terá de começar a planejar sua escalação de pilotos da próxima temporada.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“A questão é que eu não posso perder a oportunidade de ter Robert de volta, mas ao mesmo tempo eu tenho de proteger os interesses dessa equipe. Eu preciso definir a melhor escalação possível, ou a melhor que eu possa pagar. Serei flexível porque eu realmente gosto do Robert e será mérito dele se ele voltar, mas até o meio ou o fim de outubro eu preciso ter uma confirmação clara, mesmo se ainda tiver algum trabalho para ser feito”, disse Boullier, em entrevista à revista britânica Autosport .

De acordo com Daniele Morelli, agente do piloto, Kubica deverá fazer testes justamente em outubro para ver se terá condição de voltar às pistas.

“Em outubro acho que ele poderá colocar um capacete e mostrar o que pode fazer. É importante que ele possa começar a dirigir. Seja em um simulador ou eu um carro de rua. Robert vai decidir quando se sente em condição de dirigir. Ele nunca perdeu em sua cabeça a ideia de que ele vai voltar”, declarou Morelli, em entrevista à televisão britânica BBC .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.