Tamanho do texto

Bólido da temporada 2012 será chamado de E20, em comemoração ao vigésimo chassi construído na fábrica de Enstone

Divulgação/Twitter
Kimi Raikkonen em seu primeiro treino pela Lotus, na semana passada, ainda com o carro de 2010
A Lotus, antiga Renault, anunciou nesta segunda-feira (30), que o seu novo carro para a temporada de 2012 da Fórmula 1 será chamado de E20, em comemoração ao fato de a sua fábrica, localizada em Enstone, na Inglaterra, ter produzido o seu vigésimo chassi para equipes da principal categoria do automobilismo mundial.

Leia também: Petrov e Sutil são opções da Ferrari para piloto reserva

Enstone serve como base para escuderias de Fórmula 1 desde 1992, quando a extinta Benetton se mudou para a localidade inglesa. A Benetton iniciou suas atividades na F1 como Toleman em 1981, antes de se tornar Renault, em 2002, e virar apenas Lotus a partir deste ano.

Ao confirmar o nome do novo carro da Lotus, que será apresentado oficialmente por meio da internet no próximo domingo (5), o chefe da Lotus, Eric Boullier, disse que a escolha do mesmo é um "reconhecimento da importância de Enstone para a evolução da equipe", cuja fábrica "trabalha incansavelmente a cada ano para produzir o melhor carro possível"

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Depois de ser apresentado de forma oficial, o novo carro da Lotus será visto pela primeira vez na pista no próximo dia 7 de fevereiro, quando começarão os testes coletivos de pré-temporada da Fórmula 1, em Jerez de la Frontera, na Espanha. Neste dia, o finlandês Kimi Raikkonen, que acaba de acertar seu retorno à categoria, será o primeiro a andar com o modelo na pista espanhola, antes de o francês Romain Grosjean, seu companheiro de equipe, pilotar o carro no dia 9.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.