Tamanho do texto

Diretor de operações do time afirma que, sem punições ou acidentes, equipe está à frente de Mercedes e Ferrari

A Lotus ainda espera uma corrida em que não haja imprevistos para se firmar entre as três melhores equipes da Fórmula 1 em 2012. Na primeira prova, na Austrália , Kimi Raikkonen largou em 17º e Romain Grosjean abandonou no início. No GP da Malásia , Grosjean repetiu o insucesso, e Raikkonen foi punido em 5 posições no grid. Quem acredita no potencial da Lotus sem os imprevistos das primeiras etapas é o diretor de operações de prova da equipe, Alan Permane.

Leia também: Rubinho faz boa corrida de recuperação e chega em oitavo no GP do Alabama

“Seria bom ter uma sequência de corridas sem punições, e sem acidentes do Romain depois das primeiras curvas”, disse o diretor da equipe em entrevista ao site da revista britânica Autosport .

Permane espera que já na China, no dia 15 de abril, a corrida possa acontecer sem imprevistos. “Só queremos nos classificar com os dois carros entre os dez, não ter punições, problemas de câmbio, acidente nas primeiras curvas e aí ter uma corrida sem chuva. Espero que possamos ter isso na China”.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Para Permane, a equipe pode ser a terceira força do grid. “Acho que McLaren e Red Bull estão na frente, e daí acho que somos nós. Eu sei que a Mercedes foi terceira no grid na Malásia, mas o ritmo de corrida deles não é nada especial”.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O diretor ainda minimizou a vitória de Fernando Alonso no GP da Malásia . “Apesar da Ferrari ter feito um grande trabalho na corrida da Malásia, se eles forem se classificar em 10º ou 12º, enquanto nós em terceiro e quinto e um segundo à frente deles no classificatório, será uma diferença”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.