Tamanho do texto

Italiano disse que seu carro foi danificado após erro do brasileiro

Jarno Trulli terminou o Grande Prêmio da Itália deste domingo (11) na 14ª colocação. O italiano acredita que poderia ter conseguido um resultado melhor se não fosse pelo acidente em que se envolveu na quinta volta, que o forçou a ir para os boxes. O piloto da Team Lotus culpou o brasileiro Felipe Massa pela batida.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Quando eu estava brigando por posição com Heikki (Kovalainen), Massa teve problemas na primeira chicane, então tive de sair da pista para evitá-lo. Quando voltei para a pista, ele me fechou, então fui por fora e consegui ultrapassá-lo. Então, indo para a primeira curva, tinha dois carros mais rápidos do que eu atrás de mim usando o KERS e, na segunda curva, Massa perdeu o controle do carro na frenagem e me atingiu, o que fez também com que eu atingisse outro carro, danificando a asa dianteira. Foi realmente falta de sorte, já que eu fui apertado entre dois carros e fui o único que teve o carro realmente danificado”, declarou Trulli.

O italiano ocupa a 21ª colocação no Mundial de Pilotos , ainda sem pontos conquistados. No domingo, a Team Lotus anunciou que renovou o contrato de Jarno Trulli – ele vai ficar na escuderia até o fim de 2012.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.