Tamanho do texto

Equipe espanhola confirma atraso, mas nega rumores de que vai estrear no campeonato com bólido antigo

A equipe Hispania não deve cumprir o prazo estipulado e apresentar o carro para a temporada 2012 da Fórmula 1 antes dos primeiros testes em Jerez de la Frontera, na Espanha, marcados para iniciar no dia sete de fevereiro. O desenvolvimento do novo modelo está atrasado, mas a escuderia nega que usará o carro de 2011 no início da temporada.

Leia também: Hamilton será chamado para depor em processo contra Sutil

Um porta-voz da equipe espanhola admitiu o atraso nesta sexta-feira (20), mas afirmou que o novo carro já estará pronto para entrar nas pistas na segunda data marcada para os testes, dias 21 e 24 de fevereiro, em Barcelona.

"Os rumores de que iremos participar dos primeiros GPs com o carro de 2011 não são de forma nenhuma verdadeiros", afirmou. "A meta é estar no segundo teste com o carro novo", completou.

O porta-voz explicou a ausência do novo comandante da escuderia Luis Perez-Sala, substituto de Colin Kolles, na coletiva desta sexta-feira. "No momento, Luis Perez-Sala está completamente focado no carro e na nova estrutura, e ele prefere não dar nenhuma declaração ou entrevistas agora até que tudo esteja no lugar", justificou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"A filosofia dos novos proprietários sempre foi trabalhar primeiro e falar depois. E tentar ser o mais acessível e honesto possível", ressaltou. Apesar da grande quantidade de trabalho que a equipe ainda tem pela frente, o representante da Hispania acredita na formação de uma boa estrutura em 2012. "Tinha e ainda tem muita coisa para trabalhar, mas, mesmo que tenhamos dificuldades no início, a estrutura que está sendo montada agora é muito mais sólida, confiável e comprometida", explicou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.