Tamanho do texto

Piloto alemão acredita também que o campeonato é muito competitivo e nada está definido

Nick Heidfeld, que substitui Robert Kubica na Lotus Renault, acredita que a equipe francesa precisa melhorar o seu desempenho durante os treinos classificatórios no restante da temporada. Para ele, a etapa da Espanha, que ocorrerá no próximo final de semana, será fundamental para o time voltar a ter chances de pódio.

Siga o iG automobilismo no Twitter.

Após ter conseguido pódio nas primeiras corridas da temporada, a Renault conseguiu apenas um nono lugar na China , com Vitaly Petrov, e uma sétima posição na Turquia , com Heidfeld.  Por conta disso, o alemão quer utilizar o conhecimento do próprio carro, dos rivais e principalmente dos pneus a seu favor para melhorar nos treinos classificatórios e voltar a se aproximar das primeiras posições do grid.

"A prova em Istambul foi boa, tivemos boa velocidade e acho que pudemos competir com todos os times à frente. Se tivéssemos um classificatório melhor, com certeza teríamos melhores chances no domingo. Esse é o meu foco principal no momento", contou o piloto alemão.

"A atual temporada pede um grande esforço a nível de equipe para todos. Tentarei me concentrar e tirar o máximo disso, mas ainda é muito cedo para falar do resultado do final do campeonato", contou Heidfeld, que analisou a sua posição em relação aos rivais diretos na tabela atual do Mundial.

"Nico (Rosberg) está a apenas um ponto de diferença de mim e a Mercedes melhorou muito nas últimas corridas, mas acho que se fizermos a mesma quantidade de pontos de Istambul, acho que correrá tudo bem. As Ferraris não estão muito distantes. Felipe (Massa) terminou atrás de mim em algumas provas e não temos uma diferença muito grande um para o outro, então meu desejo é começar a brigar com ele por posições o quanto antes", projetou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.